quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Falsas Notícias

Tenho o costume de visitar sites de muitos jornais pelo mundo para confirmar algumas especulações.

Uma especulação que eu vi foi da possível ida do Cleiton Xavier para o Real Madrid. Para confirmar consultei o principal jornal esportivo espanhol (Marca) e que normalmente noticiam em primeira mão as notícias do time madrilenho. Não encontrei uma única linha sobre o assunto, nem mesmo no periódico ÁS, que acompanha de perto o Barcelona.

No português ABola, alguns comentários sobre a novela Love, sem tantas especulações como aqui, mas dizendo que se Love não conseguir nenhum acordo o clube russo o aguarda para a próxima fase da Champions.

Sobre Keirrison, disseram por aqui que ele iria para o São Paulo, Santos e Vasco. De acordo com o Marca, a única procura que houve realmente foi do Vasco e Santos, todos a pedido do técnico Dorival Júnior. Uma pequena possibilidade pode existir, pois o Benfica contratou o Alan Kardec, aquele que apareceu no Vasco, além do mais, com a contratação do Kardec, o Benfica deve devolver o antigo K9, atual K11 ao Barça, pois em Portugal está sendo reserva do reserva.

Ou seja, muita falsa notícia para vender jornais, mas o que mais chateia são as seguidas inverdades relacionadas ao Palmeiras. Já estou acostumado, mas cansa, cansa muito.

Nessa semana o que mais me deixou feliz foi a posição firme do Belluzzo sobre a novela Vágner. Mostrou que não é um banana como um rei do kibe do passado.

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Boas Notícias

Enquanto a mídia esportiva noticia apenas notícias ruins sobre o clube, gostaria de relembrar ao torcedor alviverde.

Ao contrário dos outros anos, temos uma boa base para o próximo, mas claro que dependemos de alguns reforços, mas não será necessário outro desmanche, como ocorreu entre 2008/09.

Nos livramos de alguns encostos, como Jéci, Capixaba e Jumar. A boa notícia do dia foi a dispensa do Marcão, que conseguiu desagradar toda a torcida e a partir de agora segue seu caminho.

Apesar da turbulência política Cipullo continua no comando do futebol. Não vejo melhor nome. Fora ele acredito que o Paulo Nobre seria uma possibilidade, mas este nome prefiro que guardem para uma futura eleição para presidente, pois mesmo de longe me parece uma pessoa do bem, trabalhadora e sem críticas da oposição.

Muitos estão reclamando da falta de reforços, concordo que as contratações estão à passos de tartaruga, mas mais uma vez a política, ou melhor a oposição, tumultua o ambiente. Infelizmente essa bagunça sobre a aprovação das contas prejudica as decisões para o próximo ano, consequentemente os reforços.

Mesmo com este quadro político negro, o departamento de futebol trouxe o zagueiro Léo do Grêmio, que é um garoto promissor e deixou o Maurício lá por empréstimo que poderá trazer uma possível valorização ao jogador e uma boa venda no futuro.

Além do Léo, trouxeram o Márcio Araújo, bom volante que acompanhado do Pierre fará uma grande proteção à zaga.

Aos torcedores peço paciência no aguardo de mais reforços, principalmente para o ataque e aos homens de bem da política alviverde que pensem no bem do clube, não nas ambições pessoais.

...........

Um abraço ao Conrado e parabéns pelos últimos posts no Parmerista!. Não o conheço pessoalmente, mas tenho grande empatia pelo seu trabalho no mundo virtual alviverde.

Outro abraço especial vai para o Ricardo Piazera do Palestra Imortal por tudo o que ocorreu com ele neste final de ano.

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Recado para um desmemoriado

Bom foi o presidente que um dia deu a nossa vaga do mundial de bandeija para o rival.

Bom foi o presidente que sucateou todo o departamento de futebol.

Bom foi o presidente que rebaixou o time para a segunda divisão.

Bom é o presidente que quando cuidava das receitas do clube deu estrutura para o time sagrar-se campeão e dar todas as fotos para seu blogue.

Essa é a diferença do presidente atual e o que "foi" um dia.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Siga seu caminho


Existem coisas que não tem como.


Quando um jogador de futebol quer trocar de clube, insistir em não deixá-lo ir não é boa ideia.


Vágner quer ir para o Rio, sua cidade natal e para seu clube de coração, o Flamengo.


Diretoria, não insistam, pois não tem como garantir sua segurança contra uma torcida imbecil e cadelinha da oposição.


Boa Sorte Vagner.

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Cartilha de Comportamento Bambi

Para todos os jogadores pertencentes ao Bambi Fashion Club, algumas resoluções são obrigatórias, tais como:

Ídolo

1 - Todo e qualquer jogador do Bambi Fashion Club devem dizer em todas as entrevistas que o Nariz Goleiro é o ídolo de todos e nunca erra, apenas os outros.

2 - Se existiu em algum momento idolatria por outro jogador, a partir do momento da assinatura do contrato, o narigudo será o ídolo maior.

Postura

1 - A postura em questão não é como o da galinha, de por ovos, mas na maneira de agir.

2 - O francês e o inglês são línguas obrigatórias. Se não possuem as línguas em seu vocabulário, procurem nas bocas de pessoas originárias destes países.

3 - É proibido sair na imprensa todo o tipo de briga, de qualquer espécie, mesmo que seja pelo amado bofe ou esmalte. Caso ocorra algo do tipo o jogador ficará de castigo e não poderão usar a cinta-liga na concentração.

4 - Nossos jogadores não bebem, não fumam e nem transam (pelo menos com mulheres).

Aparência

1 - Proibido o uso de cabelos compridos.

2 - Cabelos sempre cortados, com um belo topete (conhecido como alcinha pra pagar boquete) e nada de laquê, mas bastante gel para ficar firme.

3 - Nada de esmaltes coloridos, é permitido apenas bases ou esmaltes incolores.

4 - Como o Bambi Fashion Club é o clube da moda, do avanço, é proibido usar qualquer tipo de trajes démodé, caso contrário a punição será severa na sala do presidente JJ, com whisky escocês, mas sentado no colo dele com chicotinho e roupa de nylon pink.

Entrevistas

1 - Sempre elogiar a estrutura do clube e dizer que sempre foi seu sonho fazer parte de uma equipe campeã.

2 - Se o árbitro errou contra o time reclame, se errou a favor cale-se, pois o pagamento já foi feito. No máximo diga que estava longe e não viu o lance.

3 - Nas entrevistas relembrar tudo o que foi falado sobre a "postura".

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Ótima Notícia

Me causou estranheza a notícia de que o Muriqui foi para os patéticos de Minas.

No início me incomodou a nova "rasteira", aliás me incomodou demais, será mais uma para o desgosto da nação alviverde.

Bom, apesar da "rasteira", acho que o tiro saiu pela culatra. Se o Muriqui foi para os patéticos, sinal que foi um pedido do pofexô, ou seja, na fase que ele se encontra e depois de da passagem por aqui e contratações no nível de Capixaba, Gladstone, Jéci, Jefferson, Jumar, Sandro Silva e mais algum que minha memória deixou de lado.

Mas resumindo, se o pofexô pediu, boa coisa não é!

Boa sorte patético e aguarde que voces ainda receberão muitos reforços.

Prefiro um reforço bom do que meia dúzia de tranqueira.

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Um time de História

Acho a história do Palmeiras muito bonita, sempre recheada de lutas, conquistas e alegrias.

Acho muito interessante também que todo o torcedor alviverde gosta de bater no peito e conclamar que "seu clube tem história".

Tem torcedor bambi por aí que nem sabe a escalação do time atual, quanto mais aquele dos anos 90, ou aquele dos menudos. Importante é torcer pela "grife".

Mas tem algo que tem me incomodado à respeito do Palmeiras. Estamos vivendo de história.

Cheguei a esta conclusão depois de ver a repercussão da matéria feito pela BBC e replicada por vários portais dizendo que o time campeão da Libertadores de 99 e vice mundial do mesmo ano foi o último grande time da América do Sul.

As vezes a história está correndo na nossa frente e não percebemos. Sabia que aquele time era muito bom, mas comparando com o time de hoje, causa um tipo de frustração. Não pelo passado, mas por tudo o que este time ou logo ex-time (se tivermos novamente um desmanche) nos fez ultimamente.

Vendo um vídeo da partida contra o Manchester no blogue Siamo Palestra, me despertou um saudosismo, que foi o start para a produção deste post.

Que a diretoria alviverde corrija todos os erros que fizeram o time a perder o ano para que tenhamos um 2010 próspero, mesmo com Muriqui e Marquinhos (o novo e o antigo) no elenco.

Estou me cansando a viver de história.

domingo, 13 de dezembro de 2009

Poucas Notícias

Anda difícil elaborar novos posts com as pouquíssimas notícias do alviverde, mas saíram algumas, por isso vamos comentá-las.

Tudo como estava antes, ou mais do mesmo. Foi noticiado durante a semana, que permanecerão no comando do futebol o Muricy, Cipullo, Toninho, Genaro e Savério, além da possível contratação do Antônio Carlos.

Ouvindo à Rádio Mondo Palmeiras, se não me engano o Raul pediu a sua contratação. Pela experiência e malandragem (leia-se rodagem) no futebol, acredito que pode ser uma boa. O único inconveniente é seu professor, ou pofexô, me entendem bem.

Dizem por aí que o Muriqui pode acertar e nos blogues que o Valdívia está chegando. Acho que a vinda do Valdívia fará bem aos ânimos dos palmeirenses, digamos que será uma contratação para a torcida, mas com um talento técnico inquestionável. Quanto ao Muriqui, uma boa contratação para compor o frágil elenco.

Belluzzo está sofrendo uma pressão política enorme. Coitado, deve estar doido para terminar seu mandato. Está recebendo críticas de todos os lados. Na minha opinião ele tem feito um ótimo mandato, mesmo no caso Simon foi importante, pois tirou da mesmice o cordeirismo que sempre pairou sobre nossas cabeças, pena que não foi coroado com o título, mas tenho certeza que não sairá do cargo sem ao menos um.

Acho que por este post é só. Qualquer hora ou dia eu retorno.

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Ligações Perigosas

O método foi correto, sair da liderança da torcida para o quadro associativo do clube.

Os boatos que correm por aí é que o ex-presidente e brigão presidente da Mancha ex-verde e hoje alviverde Paulo Serdan está usando a influência que possui com a organizada para pressionar o clube e conseguir vantagens políticas, que seria assumir o Departamento Amador de futebol.

Fazer parte da vida política do clube é um importante passo para ajudar a decidir os rumos que o clube deve tomar. Até pouco tempo atrás existiam apenas dois grupos dominantes, o que hoje administra o clube, composta por Belluzzo, Cipullo e Seraphim e a outra da corja do Rei do Kibe. Esse novo grupo composto por Serdan e na espreita do Palaia, pode complicar ainda mais a frágil estrutura política do Palmeiras.

Acho que o melhor que poderia ocorrer com o Palmeiras seria abrir as eleições para presidente para o quadro associativo, não indiretamente como é hoje. A democracia está aí para ser vivida e dá nas mãos dos eleitores a oportunidade de eleger o melhor (?) candidato.

Uma pessoa que me decepcionou demais foi Afonso Della Monica. Depois de ser o candidato do Mustafá e romper na reeleição, Della Monica, segundo alguns setores da mídia anda dando seus "pitacos" pelo lado da oposição. Me parece uma atitude inadequada, pois tenho certeza que muita coisa de errada aconteceu em sua administração e Belluzzo colocou panos quentes para não jogar merda no ventilador.

O que mais me irrita nisso tudo, é que o Palmeiras fica no meio desse fogo cruzado entre o progresso do clube e de intereses pessoais. Coitado do Belluzzo, tem de ter muita paciência.

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Time Forte

Fiquei muito feliz com a declaração do Belluzzo dizendo que teremos um time forte no próximo ano.

Já temos uma ótima base formada, dispensar alguns e contratar outros será primordial para enfim termos um ano de alegria. Já está passando da hora.

Infelizmente perdemos a Libertadores, ter de assistí-la no sofá será terrível, ainda mais que veremos em campo nossos rivais e inimigos. Triste fim.

Bom, mas voltando ao nosso time, darei meus pitacos.

Acho que a diretoria de futebol deveria ser realmente substituída. Não foi apenas o trabalho deste ano que fracassou, mas o deste ano, o passado e o retrasado também, todos nas mãos de Cipullo, Toninho e cia ltda. Trocou-se time e treinador, mas a ruindade continuou.

Torço para que o Muricy fique, sempre acreditei no seu trabalho. Iniciar um trabalho desde o início será uma boa maneira de avaliar seu trabalho. Fazia muitos anos que o treinador era campeão todos os anos. Neste falhou, infelizmente com a gente.

Já nos livramos do Jumar, mas ainda falta Marcão, Lenny, Marquinhos, Willians, Jefferson e mais alguém que tenha esquecido. A manutençao do Danilo é primordial, zagueiro tranquilo que se identificou demais com o clube. No último jogo contra o foguinho, Diego Souza o provocou, mas portou-se como esperamos que seja um zagueiro seguro.

Ainda tenho muitas considerações sobre o clube, inclusive politicamente, mas não o farei, pelo menos neste momento. Teremos muito tempo até o início do Paulistão, que foi o que nos restou, juntamente com a Copa do Brasil.

Só para relembrar, antes de sermos campeões da Libertadores de 99, fomos campeões da Copa do Brasil e Mercosul de 98. Esses torneios foi a "escola" para vencer a Libertadores no ano seguinte. Pensem nisso.

Acorda Conrado

Deixe a melancolia de lado e volte a publicar!

Já que não irá mudar de time mesmo, volte a publicar, mesmo que for um post por semana.

Mas primeiro, tire as merecidas férias.

Twitando no Blogue

O que Diego Souza decidiu pra ser o craque do campeonato? É piada?

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Decadência

Como a vida é engraçada.

Um sem você se dar conta, é o treineiro do Real Madrid.

Aí acorda, é demitido e volta em grande estilo para ser campeão brasileiro.

Ganha mais um paulista no outro ano.

Outro paulista no ano seguinte.

Ganha outro paulista por um time diferente. O terceiro consecutivo.

Não ganha mais nada, aí retorna para o time beira-mar.

Sonha que vai dirigir o bambi do sul.

Acorda sendo o "profexô" com o "pojeto" pão-de-queijo.

Amanhã será saco de pancada das Marias.

Depois de amanhã estará no Vila Nova, que apresentará a ele outro "pojeto".

Sabem de quem falo né?!?

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Será que aguenta?

Patrícia Amorim foi eleita há poucos instantes a nova presidenta do Flamengo, atual e merecido campeão brasileiro.

O Flamengo é um time falido e cheio de palpiteiros.

Só pela quantidade de candidatos à presidente, dá para se ter uma ideia dos múltiplos grupos na Gávea. É bom ver caras novas no futebol.

Com a eleição de Patrícia, o futebol ganha oxigênio e talvez saia das mãos da bandidagem.

Sentimento bandido de amar


A palavra amor (do latim amor) presta-se a múltiplos significados na língua portuguesa. Pode significar afeição, compaixão, misericórdia, ou ainda, inclinação, atração, apetite, paixão, querer bem, satisfação, conquista, desejo, libido, etc. O conceito mais popular de amor envolve, de modo geral, a formação de um vínculo emocional com alguém, ou com algum objeto que seja capaz de receber este comportamento amoroso e alimentar as estimulações sensoriais e psicológicas necessárias para a sua manutenção e motivação. (Fonte: Wiki)

Fora uma morte inesperada, a pior dor que existe é de um amor bandido, muito pior do que a de um amor platônico, pois neste, não esperamos ser correspondido.

Amar é uma merda! Quando tudo está bem, vivemos num limbo de alegria que parece não ter fim. Na hora da decepção, somos jogados abruptamente num abismo escuro e frio, ou numa arena lotada de expectadores à espera da refeição dos leões.

Torcer para um time de futebol é isso, devotar tudo seu amor e esperança em um time, esperando em troca no mínimo o respeito e dignidade para seus torcedores, foi o que faltou do time do Palmeiras com seus torcedores.

O Palmeiras, digo diretoria, jogadores e comissão técnica, criaram uma ilusão de que seríamos campeões, mas desafortunadamente o time mostrou-se incapaz do título e o mínimo que se esperava para o próximo ano era a vaga na Libertadores. Lembro-me bem que num dado momento do campeonato éramos líderes e o Cruzeiro estava próximo senão dentro dos 4 últimos do campeonato. No final conquistaram nossa vaga.

De acordo com a definição da Wiki, para a manutenção do amor, faz-se necessário alimentar as estimulações sensoriais e psicológicas necessárias para a sua manutenção e motivação, como o time não foi capaz de dignificar seus torcedores (inclusive nem os consumidores), provocou um desânimo em toda a sociedade palestrina, como aconteceu anteriormente com o Conrado e agora com o grande Tito.

Esse misto de amargura, vazio e decepção aliada com todas as brincadeiras/ofensas da mídia em geral, tem deixado o torcedor palmeirense irado, com ódio e sem vontade de acompanhar o time. Mas como sei que este amor é bandido e ordinário, sei que no próximo ano estarei novamente com a felicidade e alegria de ver meu time jogar, inclusive já estou com saudades de vê-lo em campo.

Faço um pedido para a diretoria:

Não quero um time de mercenários, nem ser barriga de aluguel de ninguém, prefiro ter um time mais modesto como do Flamengo, mas composto por homens (fora o rato do David), que lutem e dignifiquem o manto alviverde.

domingo, 6 de dezembro de 2009

Até o Twitter falha

Ía Twittar mais um pouco, mas aí veja o que aconteceu:


Não é só o Palmeiras que refuga quando precisamos não.


A história estava clara, nós que não queríamos enxergar

Triste escrever o post neste momento, mas o farei de maneira clara, sem ódio, rancor ou de cabeça quente. Usarei a cabeça para usar as palavras certas, não o fígado.

Por incrível que possa parecer, começamos a perder o título no momento em que estávamos no ápice. Todos os adversários ao título achavam que perderíamos a liderança após os jogos com Cruzeiro e Santos. Vencemos os dois. A partir daí foi apenas a decepção tomando conta da esperança da conquista do título.

Empate contra Avaí, derrotas para Náutico, Santo André e Flamengo a causa para a perda de um campeonato ganho. Empate contra o Sport e derrotas para o fluzinho e o Grêmio, foram apenas a pá de cal que faltava para o caixão alviverde.

Muitos vão dizer que o ano foi perdido, de cabeça quente pensei a mesma coisa, mas de cabeça mais tranquila, houve muitos acertos, afinal fazia muitos anos que não éramos líderes do campeonato e fomos por 19 rodadas.

Infelizmente o ano terminou mal e nem a vaga na Libertadores que era o mínimo que que esperávamos nesta reta final conseguimos, pois perdemos melancolicamente para o Botafogo. Decepção, pura decepção.

Torço para que a torcida não faça mais um papelão como fez a Mancha esta semana. Façam todo o tipo de protesto que quiserem, mas espero que não depredem o patrimônio do clube e não façam nenhum tipo de violência contra os jogadores.

Sobre o título do post, é longo, mas refletiu nossa realidade. Éramos um moribundo à espera do momento final e ele chegou. Nos despedimos do campeonato da maneira mais triste possível e desfecho foi da maneira mais inapropriada.

Espero que a diretoria aprenda com mais este erro, para que recompense a torcida por seu ano espetacular, lotando o Palestra mesmo com ingressos abusivos. Pagamos ingressos por um time de elite e ganhamos um time meia boca. A realidade foi essa.

Nem Belluzzo e nem a torcida merecia este time. Agora teremos que assistir no sofá nossos rivais e inimigos tentarem a sorte no torneio continental. Final ingrato de campeonato.

sábado, 5 de dezembro de 2009

Essência da Vida

Algum leitor do blogue já parou de pensar o que estamos fazendo de nossa vida?

Chega ser estranho ver esse tipo de tema num blogue dedicado ao futebol e em especial ao alviverde imponente. Mas como o blogue é pessoal, me dou esse direito, mas peço a licença de meus assíduos leitores.

Muitos de nós vai vivendo o dia-a-dia e o pensamento sobre o futuro é no máximo garantir uma aposentadoria saudável e tranquila. Pois bem, esse é o mal, pois mesmo vivendo o dia-a-dia, esquecemos algo fundamental, que é cuidar de pessoas mais próximas de nós.

Algum de voces até o momento que está lendo este blogue deu um abraço ou beijo caloroso em sua mulher, filho, mãe, pai ou alguém próximo a que devemos carinho ou dedicação?

Hoje acordei um pouco tarde e tinha bastante trabalho pra fazer em casa, adiantando a segunda-feira. Meu filho de 3 anos quando viu que acordei chegou à cama e me deu um beijo carinhoso. Me chamou várias vezes para brincar, mas como estava atarefado, o coloquei para ver Discovery Kids e fui trabalhar no escritório.

Mais tarde vi que minha esposa também estava atarefada com o trabalho dela, então resolvi abrir mão do meu tempo de trabalho e fui fazer o almoço. Fiz com todo o amor e carinho para eles, ganhando belos sorrisos como gratidão. Após o almoço, brinquei um pouco com meu filho empilhando tampinhas. Impressionante que com tantos brinquedos ele prefere as tampinhas, mesmo tendo a disposição alguns eletrônicos.

Voltei ao trabalho e nas pequenas brechas brincava de bola com ele, num dado momento o convidando para ir até a sua mãe e enchê-la de beijos.

Neste momento ele voltou à TV e eu ao trabalho. Poderia ter ficado o tempo todo trabalhando aguardando o almoço ou saindo para tal, mas resolvi, mesmo que por alguns instantes, dedicar alguns momentos à minha família. A retribuição foi impagável.

Apesar de muitos não concordarem, temos de fazer muitas coisas sem esperar nada em troca. O retorno quando vem, é muito bom. Nós como torcedores, temos dedicamos tempo, dinheiro e muito amor pelo nosso time, algo que para quem não gosta de futebol é difícil entender, mas não podemos esperar nada em troca, além claro de dedicação dos jogadores e das pessoas que administram o time e o clube.

Brigas não levam à lugar nenhum. Numa semana que tinha tudo para ser calma depois de uma bela vitória, foi repleta de notícias negativas, tendo até atleta bambi dizendo que deveria haver uma greve de jogadores contra a violência no futebol. Desnecessário, o que tem de ocorrer é colocar na cadeia esses imbecis para que aprendam a viver em comunidade, mesmo que seja numa cela de prisão.

Viemos nessa vida para fazermos alguma coisa em especial. Muitos de nós nem sabemos ainda nossa "tarefa", mas com certeza posso afirmar que a violência contra o próximo não é uma delas.

Abraço à todos.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Paulmeiras?

Não, não errei o o título do post.

O erro veio do MSN, ou para ser mais preciso, do diário Lambe!.

Como a qualidade deste folhetim todos sabemos, segue abaixo a fígura capturada com o erro grotesco.

Veja a manchete logo abaixo da foto do Diego:


Chega logo domingo

Não vejo a hora de chegar logo o domingo e encerrar de vez esse campeonato.

Um campeonato longo e que estava totalmente ao nosso alcance. Mas por falha de todos, exceto dos torcedores que acompanharam o time, perdemos o título, ou estamos perto disso.

Essa semana tem sido pródiga em más notícias. Todo o bom futebol apresentado na rodada anterior e o gol do Diego Souza foi esquecido por causa da agressão sofrida por Love.

Já fiz um post certa vez sobre a Mancha certa vez, dizendo as raivas que já me passaram quando fui ao estádio. Não irei repetir, mas gostaria que a direção punisse severamente esses infelizes que jogam na lama o respeito pela organizada.

Quero que chegue logo o domingo também para acabarem com essas manchetes negativas, principalmente sobre o Belluzzo, que é um sujeito honesto e deve já estar exausto com tudo o que está ocorrendo.

Torço demais para o greminho aprontar contra os urubús, tenho convicção que o Inter não vencerá o Santo André, que é um adversário "encardido". Confio no meu time e não confio nenhum pouco no Gaciba, pois tem antecedentes. Ele é o típico do árbitro capaz de operar uma partida para atender pedidos superiores. Ainda não vi ninguém da diretoria se pronunciar sobre seu nome. Ver o Toninho vermelho e berrando aos microfones depois já estou cansado e não leva a nada.

Com tanta notícia negativa fica até difícil blogar, mas acho que fiz um post até certo ponto decente.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Fazendo justiça com as mãos



Crédito: GoiásNet
Fotógrafo: Ricardo Rafael - O Popular

É, a torcedora goiana não deixou barato as gracinhas do Jason não!!!

Será que o pobre moribundo tava querendo matar a mocinha antes do final? Pelo visto deve ter aprendido a lição!!!

Parabéns Goiás!!! Parabéns Torcedora!!!

Todos os gaúchos no caminho

Realmente os gaúchos serão os responsáveis (?) por tirar a alegria do título alviverde.

No início do campeonato ainda dirigido pelo Luxa, o Palmeiras sucumbe-se frente ao Inter em plena Porto Alegre numa partida melancólica.

Em seguida, ainda no primeiro turno, enfrentamos já com Muricy o greminho em São Paulo. Este inferno de time que venceu apenas uma (Náutico) e empatou somente 5 partidas fora de casa, sendo uma com a gente, sofrendo outras 13 derrotas fora de seu domínio. Triste!

Eis que apesar de todas as adversidades, sendo contusões, suspensões e resultados ruins, conseguimos sair na frente contra o até então surpreendente fluzinho no Maracanã, gol de Obina. O que era para ser alegria, foi o início da tragédia. O fdp do Simon arrumou uma falta inexistente e anulou o gol do Obina. No segundo tempo terminou a operação não dando penalti claríssimo sobre o Danilo.

Fomos enfrentar o greminho no sul. Mais um desastre, com direito a vergonhosa briga entre o Maurício da base e Obina, ambos com contrato encerrado após a partida.

Hoje, para sermos campeões, dependemos da boa vontade do gaúcho Grêmio e uma boa atuação do Santo André contra o gaúcho Inter, no Beira Rio. Se não bastasse isso, o jogo contra o Botafogo será apitado pelo Gaciba, outro que vive de favores e péssimas arbitragens.

Sabe quando uma agremiação enfrenta algum time do Rio de Janeiro com árbitro gaúcho apitando consegue uma vitória? Difícil resposta, mas já sabemos que na última rodada também dependeremos da boa vontade de mais um gaúcho.

É praga?

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Escolha os Palhaços

Dou o direito à todos os leitores do blogue de escolherem qual os maiores palhaços deste início de semana:

a) Os palhaços do circo STJD que não puniram André Dias e Hugo;

b) Os palhaços selvagens que se dizem torcedores alviverdes que ofenderam tentaram covardemente agredir o Vágner Love;

c) Todas as alternativas.

É uma pena que nesta eleição, as palhaçadas não tem graça.

domingo, 29 de novembro de 2009

Quase Perfeito

A perfeição seria se terminássemos a rodada líderes, mas achei satisfatório os resultados, principalmente a derrota dos bambis contra os Goiás.

Não vi ainda os gols ou lances dos outros jogos além do alviverde, mas chegamos vivíssimos na última rodada. Os inimigos do outro lado do muro terão um jogo mais fácil, contra o pobre e rebaixado Sport, que tive a oportunidade de conhecer uma torcedora decepcionada deles nesta semana, mas como estão na quarta posição, a torcida colorida terá de secar demais e nem poderão contar com a roubalheira da arbitragem, pois terão de comprar muitos árbitros.

A falta de vontade do Felipe para defender o penalti mostrou toda a vontade dos gambás na partida. Fizeram o que a torcida realmente queria. O troco virá no próximo ano.

Acho que o título ficará nas mãos do rubro-negro carioca, pois pegarão os gremistas e duvido que jogarão duro para entregar o campeonato no colo dos rivais.

Para sermos campeões dependeremos de nosso esforço, do esforço do greminho, conter a euforia rubro-negra e principalmente da eurofia da TV Globo. Difícil heim?

Curiosidades da última rodada:

- Para o Inter ser campeão precisará da ajuda dos rivais.

- O Santo André ainda tem chances de salvar-se da segundona, precisa vencer o Inter e torcer por outros resultados. Acredito num empate.

- A esperança de todos os concorrentes para superarem o Flamengo está nos pés do bambi Souza. Somente a vontade e disposição dele em ajudar o ex-clube em que mamou na carreira pode tirar o título dos urubus.
go
- Há um ano atrás passamos raiva no Palestra Itália pelo desempenho do alviverde frente ao Botafogo. Neste ano serão rebaixados em casa. Realmente o mundo dá voltas.

O que mais faz falta?

A vitória contra o Avaí?

A vitória contra o Sport?

Um mísero empate contra o Flamengo?

Voces decidem!

Atualização:O greminho já anunciou que irá com um time reserva para o Maracanã.

Avanti, visto de longe


Como acompanho de longe tudo o que acontece com o Palmeiras, é difícil fazer valer uma opinião embasada a partir de fatos divulgados por outras pessoas, não vivenciados por mim. Apesar disso, acredito muito nas palavras dos torcedores, pois são eles que fazem as engrenagens do futebol funcionar, mesmo quando muitos tentam tratar os torcedores como consumidores.

Já li várias reclamações de torcedores, a opinião do 3VV sobre o tema e hoje o posicionamento do clube sobre o mesmo.

De acordo com o clube, o Programa não visa beneficiar o torcedor mais assíduo, longe disso. O Programa visa única e exclusivamente beneficiar os cofres do clube, que apesar de hoje estar sendo administrado por pessoas honestas, outrora não o foi e pode no futuro voltar a não ser.

Sei que o intuito de todo o Programa de Sócio Torcedor, é reabastecer financeiramente os clubes, que sempre foram castigados por uma gestão financeira medíocre ou mal intencionada, mas o foco tem de ser no torcedor, afinal o programa leva seu nome, Sócio Torcedor, que é a alma do negócio.

Portanto, esqueçam de tentar equiparar os torcedores como consumidores, pois eu como consumidor se estou insatisfeito com um produto, troco sem pestanejar por outro, diferentemente da paixão por meu time.

Além do mais, se levarmos em consideração o que o Mauro Zucatto disse em seu texto, tentando dizer para esquecermos os "benefícios" e pensarmos apenas na ajuda ao clube, o paralelo que me vem a cabeça é como essas "bolsas" que o governo distribui por aí, que num primeiro momento serve para matar a fome dos mais carentes, mas num segundo serve apenas para estimular a preguiça e a espera por outro assistencialismo.

Repito, o Programa é do TORCEDOR, tendo assim que beneficiar o mesmo e o que a torcida palmeirense mais quer e necessita, não é pagar para ter descontos na compra de produtos das patrocinadoras e sim, garantia de comprar com dignidade seu ingresso e ser tratado com respeito equiparado ao seu amor pelo clube, apenas isso.

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Torcedor além da vida

Em alguns momentos tenho até um punhado de temas interessantes para discutir aqui no blogue, mas a inspiração para escrever as vezes atrapalham, culpa deste time que ousa jogar os torcedores na lama.

Pois bem, alguns fatos me chamaram a atenção nestes últimos dias. Um deles diz respeito ao desânimo do Conrado com seu prestigiadíssimo blogue, mas o que me chamou atenção em si não foi nem a descrença dele para a publicação de novos posts, mas o desalento com o futebol, em especial o Palmeiras.

Esse esporte é maravilhoso e é capaz de deixar um ser hiper racional (como nosso presidente Belluzzo) num sujeito irracional, totalmente comandado pela paixão, emoção. Em alguns poucos segundos deixa um sujeito que estava em depressão em total êxtase, sendo o inverso também verdadeiro. Ontém vendo a entrevista do Belluzzo no Arena Sportv, tive a certeza disso e vi ali naquele senhor, todo o sentimento que tenho pelo futebol e principalmente pelo Palmeiras.

Esse time é capaz de me fazer brigar com minha esposa, sogra e cunhado. É capaz de me dar imensas alegrias, mas também capaz de me jogar numa depressão sem fim.

Este sentimento não é apenas meu, muitos também sentem pelo seu time de coração. À noite logo após deitar em minha cama, vi o programa "Por toda a minha vida", contando a história do Claudinho, da dupla Claudinho e Buchecha. De tudo o que passou no programa com seus sucessos e lembranças de amigos e familiares, o que me chamou atenção era seu amor pelo futebol e ao Flamengo. O cara era viciado neste negócio e gostava demais do Flamengo.

Vou citar outro caso que não sei se muitos acreditam, mas peço que respeitem, pois envolve religião. Tenho um amigão meu, que prefiro não dizer o nome, estuda a Doutrina Espírita. Ano passado um sobrinho seu faleceu num acidente de carro numa viagem, um caminhão pegou seu carro. Após sua morte, sua mãe buscou o conforto pela perda frequentando vários centros espíritas da região e desde então, conseguiu 5 cartas psicografadas dele.

Na última carta, além de fazer vários comentários para confortar sua mãe e família, ele brincou com seu pai lembrando o bom momento vivido pelos urubus, ainda brincou com o pai que a recuperação do time foi ótima e o segundo lugar já será legal. Foram mais ou menos estas palavras.

Depois de tudo isso que comentei neste post, entendo perfeitamente o desânimo do Conrado, todos os comentários indignados do racional Belluzzo, o torcedor que nem depois de morto deixa de acompanhar seu time e principalmente a minha pessoa, que encontrou nestes outros loucos, a explicação de gostar tanto deste esporte.

Quero que o Palmeiras chegue na última rodada com boas chances de título, que pode cair no colo de qualquer um dos 4 candidatos, menos dos bambis, pois desde o instante da criação deste pseudo time, joga na lama todo e qualquer bom sentimento que o futebol causa.

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Desejos

Nada mais delicioso que um prato de vingança, mesmo frio.

Pois bem, após roubarem do alviverde na mão grande, o fluzinho pode pagar agora nesta reta final com multa e juros.

Nada mais doce que perder novamente a para a LDU a final do torneio continental, desta vez a Copa Sulamericana.

Nada mais saboroso que ver o time que nos sacaneou ser rebaixado.

Se acontecer tudo isso, me sentirei vingado.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Faltou Botafogo ao Palmeiras

Tudo bem que fomos garfados em muitos jogos.

Tudo bem que no ápice do campeonato, naquele jogo contra o Santos jogadores e torcedores achavam que poderiam tudo, não pôde.

A partir daquele momento, daquela vitória, caiu sobre o time uma praga Luxemburguiana, que corrompeu tudo de bom que foi construído até aquela partida.

Depois do auge veio a desgraça, com sucessivos maus resultados, não os citarei novamente, pois a torcida sabe de cor. Acredito que de todos os jogos, os que a torcida mais ressente foram os jogos contra o Santo André e Sport. Vitória nestas partidas significaria hoje a liderança e muito provavelmente o título.

Neste momento, quero apenas a Libertadores, não como consolação, mas por tudo o que a competição significa, ainda mais que temos o dever de tirar os gambás deste sonho, pois aí sim não aguentaremos. Toda a babação que de ovo que teremos sobre um possível título bambi, não será nada se os gambás faturarem o torneio continental.

Para o Palmeiras conseguir sua vaga ou há um tempo atrás viesse a ganhar o título brasileiro, faltou ao time o que sobrou ao Botafogo, que é vontade de ganhar. O time alvinegro com a corda no pescoço correu demais, deu o sangue. Não faltou hora nenhuma vontade e raça, enquanto que o alviverde nas últimas rodadas foi impávido, sem vontade, sem brilho.

Agora não penso mais em título, a nao ser que numa combinação mirabolante de resultados nos coloque com chances reais para a última rodada, mas não acredito, principalmente porque tenho certeza que o Goiás não jogará com toda a vontade que jogou contra o Flamengo. Para um time que não vinha ganhando faz tempo, soa estranho toda a doação nesta última partida. Acho que na próxima, serão bem sonolentos.

domingo, 22 de novembro de 2009

Vida fora do Futebol

Peço perdão aos leitores mais assíduos do blogue, mas com este final decepcionante do Palmeiras, não tenho tido muito "apetite" para escrever.

Desde a partida contra o Sport, onde mais uma vez fomos agraciados com um balde de água fria, que não tenho acompanhado muito de perto o que acontece no brasileirão. Na rodada passada vi apenas o jogo do Palmeiras, não vendo nem os gols dos rivais, acompanhando apenas os resultados.

Nesta rodada, além do Palmeiras decepcionar-me mais uma vez, teve ainda o papelão protagonizado pelos jogadores Maurício e Obina. Não gostei do desfecho desta história, poderia ter descontado nos vencimentos dos jogadores e no final do ano entregar o Obina para o Flamengo. Se o Maurício não é o maior dos zagueiros, é um bom reserva para algumas eventualidades. Desperdiçar o garoto e de repente estar contratando algum zagueiro meia-boca, não resolve, vide os "trocentos" zagueiros que contratamos nos últimos tempos. Que a diretoria traga o garoto de volta e o faça pedir desculpas públicas, acho que a lição ele aprendeu.

Tenho aproveitado o que a vida oferece fora do futebol e tenho gostado bastante. Semana passada fui à um show na cidade de Prata do Victor e Léo. Muitos não devem gostar do gênero, assim como eu não gosto de sertanejo, mas os rapazes tocam demais. Suas músicas não possuem apenas a batida sertaneja, mas intercala alguns toques de blues e rock. Muito bom o show, indico para todas as idades.

Neste final de semana fui conhecer o Parque dos Dinossauros aqui em Uberlândia. Vivo na cidade à muitos anos e nunca tive o prazer de ir neste clube campestre. Muito bacana e dispõe de chalés e área de camping. Fica ao lado da Represa de Miranda, onde os mais abonados podem passear com seus jet skis e lanchas, ou então ficar à beira da piscina tomando uma cerveja bem gelada. Para quem não conhece Uberlândia, o clube fica à 30 Km da cidade, sentido Araxá. Vale a pena conferir.

Até o final do ano evitarei assistir à outros jogos que não forem do alviverde, afinal manter o vício e alimentar a paixão pelo time é preciso, mas a torcida será demais para que o anti-time seja mais uma vez campeão.

Que o Palmeiras consiga pelo menos a vaga para a Libertadores, não como prêmio, mas para melar o centenário dos gambás no próximo ano.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Ejaculação Precoce


Pensem nesta descrição:


Você é um cara feio, mas esforçado. De repente você contrata um cara famoso, campeão em conquistas. No mínimo você pensa, aquela gostosa que estou paquerando desde 1993 tá no papo.


De repente você flerta com a moça, a conquista e parte para o tão sonhado sonho. Leva a moça pro motel, faz as preliminares que a faz delirar.


Na hora de consumar o ato, você falha, goza antes. Foi o que aconteceu com o alviverde que não foi imponente, aliás foi, nas preliminares, mas na hora de fechar o primeiro turno em primeiro ou sagrar-se campeão, deixou a desejar, ou como diz o PVC, assinou o atestado de óbito.


Neste momento em que a maioria dos torcedores estão decepcionados ou em conjunto raivosos, vos digo que estou satisfeito. Não com este resultado em si, mas com tudo o que ocorreu no campeonato, afinal depois de muitos anos, o time liderou o campeonato por um longo período. Ser campeão ou não, é circunstancial.


Parabéns ao Belluzzo por todo o trabalho feito. O título fecharia com chaves de ouro tudo o que ocorreu neste ano, mas como não virá, desejo aqui meus cumprimentos. É uma pena que o time não correspondeu depois da exposição de nosso presidente. Teve muito desgaste, mas por outro lado, demarcou a posição do Palmeiras frente à todas as roubalheiras que ocorrem no nosso futebol.


Apesar de difícil, gostaria de pedi à todo torcedor alviverde que comparecessem ao Palestra no jogo contra o galo mineiro. Apesar do fracasso na reta final, este time nos encheu de orgulho durante quase todo o ano. Ganhar ou perder faz parte do jogo, mesmo quando o existe a roubalheira acompanhamos neste e nos outros anos de campeonato.


Que a partir deste momento, o time levante a cabeça e busque pelo menos a Libertadores, enquanto que a diretoria, encontre e levante os problemas ocorridos este ano e projete para o ano que vem um melhor trabalho, para evitar decepções que ocorreram hoje.


Sou Palmeiras acima de tudo!


Para quem aguentou os anos 80, o que ocorreu neste campeonato não vale nada.


Antes de terminar, gostaria de dizer que o trabalho da diretoria foi excepcional. Fez tudo o que deveria ter sido feito. Reafirmo que ganhar o título é algo que foge ao controle, pois os fatores são múltiplos. Apesar disso, gostaria de parabenizar principalmente aos torcedores alviverdes (principalmente aos arquibaldos) por apoiarem o time em todo o ano. Me incluo nesta mesmo não fazendo o coro no Palestra, mas por fazer a corrente positiva para o time. Não tenho condições de estar sempre apoiando o time in loco, mas tenham certeza que emano muitas energias positivas para os que lá estão.


Sou e serei sempre apaixonado por este time. Forza Verdão!!!
Atualização:
Hoje estou do lado de todos os torcedores alviverdes tristes e ofereço um gole de uma cerveja bem gelada que compartilhei com meu irmão antes da partida.

Guerra aos Malditos

video

Muitos vão dizer que não, é apenas um jogo de futebol, mas o que muitos não sabem, é que a Guerra está declarada há muito tempo e não é uma guerra tradicional, de armas convencionais ou biológicas, mas psicológica, do bem contra o mal.

Não serei tolo em dizer que o Palmeiras representa bem e os bambis incorporam o mal, nada disso, apesar que no final acaba sendo a realidade.

Neste momento, os "malditos" citados no título do post, fazem parte do "círculo do mal", pessoas que unidas deixam o statu quo como sempre foi, apenas modernizando ou aperfeiçoando as regras, dando aparência de evolução, mas na realidade, usado para manter o poder para quem está ali para sugar nas tetas de instituições, federações ou clubes.

Há muito tempo atrás, um resultado de dentro de campo dificilmente era questionado, pois muitos nem sabiam realmente o que passava, pois não tinhamos imagens para as devidas confirmações e nem internet para a difusão da informação. Os erros cometidos pelos então juízes, ficavam apenas aos olhos de quem estava em campo, pois depender de rádios ou jornais era confiar na boa intenção do editor.

Com o surgimento da TV, houve uma mudança, pois por mais que o narrador ou comentarista tente influenciar na opinião do telexpectador, o mesmo está enxergando com seus próprios olhos o lance. Compreender ou não, depende da massa cinzenta que cada um possui, mas a partir daí, é um problema pessoal.

Os antigos juízes e dirigentes, mudavam a história de um jogo ou campeonato e o torcedor comum não teria com saber, diferentemente de hoje, pois a busca de informação e o dinheiro, hora ou outra acaba derrubando alguém.

Os mandatários ou donos do futebol para manter o poder ao alcance de suas mãos, criou um subterfúgio, que foi a criação do Supremo Tribunal de Justiça Desportiva, conhecido como STJD, onde neste inferno estão os estagiários do diabo para ditar o "rumo" correto do campeonato.

Este inferno de Tribunal mistura alhos com bugalhos e julgam tudo e todos da maneira mais conveniente possível. Se é para beneficiar o time do povo que então tinham no bolso os dólares da máfia russa, encontram um mané qualquer para jogarem a culpa e anula-se todos os jogos apitados por ele. Se é para ajudar o time da ditadura, julgam como leões os concorrentes e como um gatinho subserviente quem lhe paga.

Todos sabem a sujeira que ocorre no submundo do futebol, mas ninguém ousa a dizer, talvez por medo ou por fazer parte do esquema. Belluzzo que é uma autoridade moral, inteligente e fato novo no futebol, disse todas as verdades que qualquer torcedor que não é cego ou comprado diria.

O vídeo acima não é para motivação (como disse outro blogueiro desanimado), mas conclamar todos os torcedores para a Guerra que apesar de não ser anunciada, está vigente há muito tempo. Na realidade o vídeo apesar de ser feito por um grande palmeirense, chama para a guerra torcedores de outros times que também são garfados por esses lixos de pessoas que tomam conta de nosso futebol.

Que o Palmeiras vença os gaúchos e coloque pressão nessa gente comprada que rege nosso futebol.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Ao STJD

Seus safados, como ousam punir o Presidente do Palmeiras e deixar sem punição o diretor urubu, sendo que ele chamou o juiz de canalha?

E o presidente do Sport que falou um "monte" depois da derrota para os gambás?

Pelo visto estão todos no bolso, não só o Simon.

Tribunal bandido.

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Liberados

Desta vez o STJD não aprontou das suas, pois Danilo e Marcos não pegaram nenhuma partida de suspensão e estão liberados para o tudo ou nada contra greminho desfalcado.

Acho que não tivemos surpresas desta vez, por causa da pressão que o Belluzzo fez contra o próprio STJD no caso Vágner. De qualquer maneira achei justa e oportuna a falta de punição.

Agora vamos aguardar qual será a postura no julgamento bambi, principalmente referente ao cavalinho Dagoberto.

domingo, 15 de novembro de 2009

Apenas dignidade

O que tenho a pedir para os jogadores do alviverde não é mais o título, quero que apaguem a omissão nas últimas partidas com a maior dignidade possível na final do campeonato.

Sinceramente não sei o que houve com o time nesta reta final. Alguns dizem que foi a premiação, outros vaidades, enquanto que para outros faltou experiência e ter atitude nas decisões.

Apesar de talvez sermos obrigados a ver o time cor de rosa vencer mais um campeonato, este sendo mais ajudado fora de campo do que outros, fiquei muito feliz. Muitos vão dizer que será uma lástima liderar o brasileirão por praticamente um turno e perder no final, mas basta lembrar que a última vez que lideramos este campeonato foi em 2004. Tempo demais.

Alguém vai dizer que o campeonato ainda não acabou e enquanto houver chances, temos de ter esperança. A minha esperança foi embora quando o bandido do Simon invalidou o gol do Obina. Mesmo com o péssimo futebol que o time tem apresentado, seria a manutenção da liderança e um aspecto positivo para o time. Jogaríamos mais tranquilos contra o Sport, enquanto que os bambis poderiam ter ficado novamente 5 pontos atrás, hoje está 3 na frente.

Não quero que anulem a partida contra os pernambucanos, quero a dignidade do time. Se não venceu fora de campo, não quero que busque fora. Sabemos que para o Palmeiras ser campeão de alguma coisa tem de ser muito mais superior aos demais. Não fomos, pois não conseguimos resolver um problema interno.

Peço encarecidamente aos jogadores que recuperem a dignidade do time e a estima dos torcedores. Nestas últimas três partidas, não precisam buscar os 9 pontos, mas jogar um futebol esquecido há muitas rodadas atrás, que teve o ápice da emoção nos jogos contra Cruzeiro e Santos.

Exijo a dignidade de um bom futebol e a vaga para a Libertadores, que neste ano não será um bônus como no ano passado, mas apenas uma compensação por tudo o que foi feito durante esta temporada.

Sobre a esperança

Tenho um primo corínthiano, Márcio.

Ele tem uma teoria sobre a esperança: "É a única que morre".

Acho que ele deve estar certo.

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Por esta e por outras que tenho alegria de ser Palmeirense

Li mais um bom texto no 3VV, mas este em especial me trouxe as lágrimas. Falo isso principalmente porque tenho um filhinho de 3 anos.

O garoto já possui várias camisas do alviverde, inclusive quando nasceu, após o primeiro banho, vestiu uma com o distintivo do time. Tenho um sogro corinthiano e um cunhado bambi e o assédio é grande. Pra minha alegria o restante da minha família é toda palmeirense, avô, tios, primos, pai e irmão. A vibração de todos estes juntos tenho certeza que ajudará demais para o garoto escolher de coração o seu time. Não precisamos de títulos roubados para aliciar os menores.

Vai o texto do torcedor logo abaixo. Para o post original, clique AQUI.


"Lágrimas - as do meu filho doem mais

O texto abaixo é de autoria de Bene Arques (Ditão). Foi enviado para mim pelos amigos Siro e Rogério. Não sei se foi publicado em algum outro site ou blog palestrino (quando eu souber eu publicarei os créditos).

Quem tem filhos palmeirenses sabe o que o Bene passa. Força aí Bene, vamos empurrar essa garotada que nossa hora vai chegar.

Saudações Alviverdes, em especial ao jovem palestrino Diogo.

---

Ontem depois do segundo gol do Sport meu filho, Diogão de 6 anos, começou a chorar e vou falar pra vocês; é foda ver o filho da gente chorando.


Em seguida a torcida começou a cantar o hino e ele parou de chorar e cantou junto, mas a gente continuou a não jogar nada e no intervalo ele não pediu quis nada, nem sorvete, nem pipoca, ele estava triste, e me falou: O PALMEIRAS não vai ser Campeão, né pai? Cara me deu um nó na garganta, mas como sempre faço, afirmei para ele que iríamos virar no segundo tempo.

Quase no fim do jogo, depois do enésimo passe de lado do Diego Souza ele me fez outra pergunta, essa eu não consegui responder; Pai, por que o DS não dribla mais ninguém?Acabou o jogo e saímos naquele clima de velório, eu já vivi isso muitas vezes, acompanhei a fila inteira, as duas, eu amo o PALMEIRAS, mais do que eu posso explicar.

No caminho para o carro fomos em silencio e um pensamento não saía da minha cabeça.A grande maioria da família da minha esposa é composta por sãopaulinos, inclusive o padrinho do Diogão é bambi, todos os seus primos, eles fazem a maior pressão psicológica para ele torcer para o São Paulo, trazem camisas, faixas de campeão e o escambau. Fui pensando em falar para ele que se ele quisesse torcer para o São Paulo como a mãe dele eu não ficaria triste(a maior mentira do mundo, isso me destruiria). Mas eu não estou agüentando ver meu filho chorar a cada derrota, a cada gol levado.

Chegamos em casa e fui por ele para dormir e falei para ele se ele quisesse torcer para o time da mãe dele eu não ligaria. Ele me abraçou e me disse: Pai eu sou PALMEIRENSE, eu não ligo de ser campeão, você me leva no jogo contra o Atletico? Chorei pra caralho, eu sei que não fica bem para um coroa de mais de 40 anos ficar chorando por futebol, mas não agüentei.

Hoje de manhã o Diogão perguntou se podia ir com a camisa do VERDÃO, minha mulher que estava dormindo, ontem, quando a gente chegou, perguntou para mim; e aí ganhou? GANHEI, pois eu sei que ganhei um companheiro de estádio PALMEIRENSE de verdade.

Se vamos ser campeões ou não, pra mim não interessa, estarei lá contra o Atletico/MG, estarei por mim, estarei pelo meu filho e principalmente pelo amor que move o PALMEIRENSE, um amor que eu consegui transmitir pra ele. Um amor que não está vinculado a títulos, ele existe e pronto."

Pseudo jornalista critica um jornalista de verdade

Depois de ter chupado com muita vontade as bolas do chefe, o pequeno blogueiro, vulgo 1nho, tentou se satisfazer de alguma forma.

A forma que encontrou, foi levantar poeira contra um jornalista que é realmente jornalista, vive de seu suor.

Camarada que possui 2 CPF's, caloteiro e difamador, além de ser pau mandado de um cara sem ética.

Precisa dizer mais?

Tem raposa no galinheiro


Abra os olhos Renata!!!


Tem raposa querendo tomar conta do teu galinheiro!!!

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Por favor, acabem com este campeonato

Esse campeonato tornou-se irritante.

Depois da queda no abismo do futebol alviverde e o roubo das arbitragens contra o nosso time, veio a facada final e fora das 4 linhas.

O time colorido será beneficiado mais uma vez no STJD, vejam:

Link com toda a matéria: ESPN

Aqui alguns trechos da matéria da ESPN:

"O líder do Brasileirão será julgado na sexta-feira pelo STJD, com base no artigo 213 (deixar de tomar providências capazes de prevenir ou reprimir desordens em sua praça de desportos).

No entanto, a diretoria do Tricolor tem a confiança de não receber suspensão.

Na época do duelo, o departamento de comunicação do São Paulo informou que o rapaz entrou em campo para pedir uma chance como jogador de futebol.

Na súmula da partida, o árbitro Sandro Meira Ricci relatou que o jogo ficou paralisado por um minuto em função do imprevisto. "O invasor foi prontamente contido pelo policiamento e retirado do campo de jogo. (...) Não foi possível identificar a que torcida pertencia o invasor", informou."

Parem o campeonato de uma vez e deem logo o troféu para quem paga essa porcaria.

Se for assim, no próximo jogo no Palestra, algum torcedor vista a camisa do Moto-Clube e bata num destes juízes safados, pra passar um pouco da raiva. Não teremos o campo interditado, pois o torcedor estará vestido com a camisa do Moto-Clube.

Isso deve ser mais uma loucura desta minha cabeça que só pensa em conspiração.

Sentimento Estranho

Eu realmente acho impossível ganharmos esse título, acima de tudo que além dos adversários, temos de vencer a Máfia e principalmente a nós mesmos. É muita batalha pra pouco time.

Tenho visto entre os blogueiros um misto de esperança e descrédito.

Vou torcer, mas sinceramente estou desanimado em ficar secando adversários, em especial os urubus, que estão embalados e contam com os globais para os apoiarem.

Mas como deixaram de comentário em um post meu, a esperança é verde.

Sou Palmeirense e muito feliz


Não acredito mais no título nacional, principalmente porque o time não consegue vencer os adversários mais fracos.


A partida de hoje, foi mais um bom exemplo do que foi falado acima. Um time que cria alguma oportunidade no início do jogo, mas depois que sofre um gol fica louco, abrindo-se todo.


No segundo gol do time pernambucano, o time alviverde estava no ataque e depois que perdeu a bola, saíram correndo como índios atrás de comida.


A cabeçada de Obina que Magrão defendeu foi sintomático, a partir dali já sabia que a nossa sorte não seria das melhores.


Com as substituições do intervalo, o time voltou com outra disposição e um pouco mais de criatividade. Fizemos o primeiro e empatamos mais tarde, num lance duvidoso, não pelo lance em si, mas por causa do apito do juiz.


Já era de se esperar que o árbitro nos ajudaria de alguma forma, para tentar calar nossa torcida (linda por sinal) e terem mais um argumento que entre erros e acertos tudo se iguala com a arbitragens.


O resultado do jogo nos tira da briga pelo título, essa é a minha opinião. Muitos vão me criticar ou não concordarão, respeito a opinião de todos. O resultado de hoje serviu para ajudar na briga pela Libertadores e rebaixar o Sport (aleluia, rebaixamos um, até que enfim).


Numa situação normal eu estaria muito triste, talvez desiludido, mas com os últimos resultados, péssimas atuações e os erros escandalosos, criou-se em mim uma certa apatia.


Seja qual for o resultado do time até o final do campeonato, não mudará meu sentimento pelo time, meu amor pela agremiação. Sou e continuarei sempre sendo palmeirense, com muito orgulho. Não será nenhum técnico cabeça dura ou jogador medíocre que me fará mudar de opinião.


De tudo, o que me deixa mais triste foi o resultado que o time trouxe após o Belluzzo ter dado a cara pra bater. Realmente ele merecia coisa melhor.
Pra finalizar, fiquei muito feliz com a volta de nosso guerreiro Pierre. Deu bons passes e ajudou a pressionar no meio de campo. Deveria ter entrado desde o início da partida.

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

O que falta?

O time está sem alma.

Não cria, só cruza e errado.

No segundo gol, estavam todos à frente, voltaram correndo, como uma vaca louca. Desnecessário.

Para o segundo tempo, quero apenas o Pierre, que venha a vitória, mas principalmente, que volte o espírito guerreiro do time.

Vídeo com Auditor urubu Safado

video

Com um auditor safado como este, como podemos acreditar na lisura das decisões do STJD?

Disse no post anterior, a justiça é cega, surda, muda e tendenciosa.

O que esperamos do STJD:

- Suspensão do privadão por invasão do campo;

- Suspensão por agressão de Dagoberto e Borges;

- Suspensão do borboleta monarca pela porrada que deu no jogador do Santos;

- Punição ao time colorido pela mala rosa e BarueriGATE.

Desvio de Foco da Imprensa

Há muito todos sabemos o poder da mídia sobre a cabeça da pobre massa alienada.

Desde que era garoto, sabia que se o comentarista global falasse que um jogador infeliz levasse uma falta dura e o comentário fosse de que o jogador apenas "desequilibrou", a mensagem do comentarista é que valeria, não as imagens.

Nos últimos dias vimos a invasão de campo do torcedor bambi em pleno Morumbi, uma falta dura do goleiro borboleta no jogador santista, punido com o vermelho e há muito tempo voadoras do cavalinho Dagoberto. Qual o posicionamento do STJD? Nenhum.

Se ocorrer algum tipo de suspensão será para o Borges que tem o contrato vencendo e não vem jogando nada pela agressão no jogo contra o greminho.

A imprensa maldita está tentando de toda a forma desviar o foco do arrastão comandado por Simon no último final de semana, inclusive com entrevista com o Ricardo Gomes dizendo que se os bambis forem mais uma vez campeão, não será por causa dos erros da arbitragem.

Por falar nela, arbitragem, será que o árbitro que apitou greminho x bambis atuará mais este ano? Não houve gritaria dos bambis, mas não duvido nada que o mesmo safado que o ajudaram a conquistar o título no ano passado seja descartado este ano e sem a bonificação do Simon, que apitará sulamericana amanhã e já disse que terá a final do Mundial de Clubes. Escárnio Total.

Qualquer um que entende de futebol sabe que o Palmeiras não vem apresentado um jogo decente para um time que disputa o título, mas os erros (?) cometidos e as devidas suspensões e contusões foram minando a força do grupo e principalmente do time.

Estamos de olho e por mais que nossa voz não tenha o peso de um Belluzzo, corajoso presidente palmeirense que está no meio do olho do furacão, estamos bradando por justiça, mesmo que ela seja cega, surda, muda e tendenciosa, conforme demonstrou o auditor do STJD.

Estou farto deste campeonato, desta sujeita. Devolvam a minha inocência.

terça-feira, 10 de novembro de 2009

A Hora da Destruição


Acabou-se a palhaçada! Restam-nos apenas 4 jogos e os jogadores terão de dar a vida por eles.

A melhor (?) coisa que poderia ocorrer ao alviverde foi perder a liderança da maneira em que ela ocorreu, pois a partir de agora, jogadores e comissão técnica terão de dar tudo pela busca do título que já parecia ganho.

Pois bem, depois de muita cobrança dos torcedores e conselheiros, Belluzzo saiu do armário, arregaçou o nó da gravata e mostrou a quem quiser ouvir tudo o que dele se esperava, inclusive ele tem sido muito corajoso, pois uma batalha nos tribunais é muito desgastante e ele terá de enfrentar duas, a cívil e a esportiva.

Num sistema viciado e cheios de meandros, onde a influência de TV e a disputa de poder torna-se o meio futebolístico muito desleal e sujo. Neste momento do campeonato, os maiores beneficiados tem sido os bambis e os times cariocas.

Perder a audiência dos torcedores de time de massa é o que pior pode acontecer aos mandatários da principal rede de TV do país, a única que tem os direitos desde que o futebol passou a ser um negócio de fato no país.

Neste sentido, garantir a permanência dos cariocas em detrimento de Santo André e os nordestinos, que possuem apenas uma torcida local, é a lógica do negócio e a garantia de audiência futura.

Em qualquer canto do país, você encontra torcedores rubro-negro, inclusive no Tribunal do STJD, conforme disse o Belluzzo, portanto, este time bem colocado no campeonato é a certeza de muitos canais de TV sintonizados Brasil a fora.

Quanto aos bambis, tenho dito há muito tempo que ele alterou sua tática. Nos campeonatos anteriores ele foi ajudado diretamente nos resultados, como nos jogos entre Botafogo e Palmeiras no ano passado. Neste ano, a tática é ter uma arbitragem discreta em seus jogos, de preferência sem jogadores suspensos, enquanto que nos rivais, erros e suspensões seguidas.

Pela primeira vez eu vi na TV brasileira alguém de fato citando os erros em que o Palmeiras foi sumariamente roubado. Osmar de Oliveira da Band, comentou hoje ao vivo todos os erros em diversos jogos em que o Palmeiras foi prejudicado. Parabéns Osmar, sei que o que você fez foi muito mais pra abrir os olhos contra os bambis do que levantar a bandeira verde, mas apesar de tudo, serviu para que muitos alienados despertassem da opinião global.

Um jogo que muito me preocupa é Flamengo x Goiás, não por conta do Flamengo em si, que jogando em casa deve ganhar o jogo, mas sobre as possíveis suspensões de jogadores esmeraldinos, pois no próximo jogo será conta ninguém mais, ninguém menos, que aos pilantras coloridos. Tenho a certeza absoluta que neste jogo contra o Flamengo, o Goiás será muito advertido por cartões, tendo assim muitos desfalques para o jogo posterior contra a puta colorida.

Quanto ao Belluzzo, concordo com o que oi dito pelo Mauro do Palmeiras World, de que as elebridades alviverdes saiam do ostracismo e mostrem apoio ao nosso Presidente, pois ele com toda a sua ousadia e amor ao alviverde, tomará muita porrada daqui até o final do ano.

Belluzzo por seu amor, merece toda a forma de ajuda possível e a ajuda dos jogadores não será com declarações, mas honrando a camisa palestrina nos últimos 4 jogos. Sei que se o Palmeiras jogar com raça e vontade, superará todos os adversários, inclusive os ocultos, ainda mais por causa de toda a polêmica ocorrida nos últimos dias.

Quanto ao fluzinho, minha primeira impressão era de que o tiro pode ter saído pela culatra, pois todos prestariam muito mais atenção nas arbitragens de seus jogos, mas como não vivemos em um país sério, vai ficar tudo por isso mesmo e não tenho dúvidas de que nos julgamentos de lances duvidosos durante a partida, poderá o beneficiar.

Torcedores, chegou o momento de lotarmos o Palestra Itália e bradarmos bem alto nosso amor ao clube e contra essa imprensa maldita que teima em nos difamar a todo o instante.

Gritem, gritem, gritem. Se por acaso o juiz errar contra o nosso time, o ofenda, chamando-o de Simon, assim nosso recado será dado.

Vamos destruir tudo nestes últimos 4 jogos. É a hora de mostrar-mos nossa força.

Força Verdão!!!

Twitanto no blog

Sua casinha caiu, seu gaúcho safado!!!

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Dossiê Palestrino

Tentando esconder as traquinagens da arbitragem, o Portal Bambi, digo Diário Lambe!, publicou uma matéria dos erros de arbitragens em jogos do alviverde.

Num período em que parece tudo dar errado, é de rir este dossiê. Por que não fazem como o colorado e colocam tudo num DVD?

É de rir....

"Faltando quatro rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro, o LANCENET! analisou partida por partida disputada até agora pelo Alviverde, e os erros contra e a favor praticamente se equivalem: cinco contra o Verdão e quatro pró Palmeiras. Confira o levantamento:

8 de outubro - Fluminense 1x0 Palmeiras
O árbitro Carlos Eugênio Simon (Fifa-RS) anulou um gol legítimo do palmeirense Obina aos 29 minutos do primeiro tempo, quando a partida ainda estava 0 a 0.


1º de outubro - Palmeiras 2x2 Corinthians
Heber Roberto Lopes (Fifa-PR) aliviou para Danilo, do Verdão, que deveria ter sido expulso após entrada violenta no atacante Jorge Henrique, na primeira etapa. O jogo estava 1 a 0 para o Alvinegro - o Verdão já estava com um jogador a menos, Marcos havia sido expulso - e o zagueiro empatou em 1 a 1 no segundo tempo.


5 de setembro - Palmeiras 2x1 Barueri
Na partida de reestreia de Vagner Love, o confronto seguia 1 a 0 para o Alviverde. Obina se jogou na área do Barueri e Cleber Wellington Abade (SP) assinalou pênalti. Love converteu. A Abelha ainda diminuiria a diferença no placar no segundo tempo.


19 de agosto - Coritiba 1x0 Palmeiras
O pênalti que originou o gol da vitória do Coxa foi muito contestado pelos palmeirenses. Marcão e Thiago Gentil se enroscaram na área, nos acréscimos, e Pericles Bassols Cortez (RJ) colocou a bola na cal. Marcelinho Paraíba converteu.


22 de julho - Goiás 2x1 Palmeiras
Novamente um pênalti assinalado a favor do adversário foi motivo de protesto do Verdão, que estava em vantagem no marcador. Júlio César invadiu a área do Serra Dourada e, em disputa de bola com Wendel, a penalidade foi marcada por Evandro Rogério Roman (PR). Léo Lima vazou Marcos, que ainda assistiria a gol de Bruno Meneghel para os esmeraldinos.


20 de junho - Atlético-PR 2x2 Palmeiras
O duelo estava 1 a 1, no segundo tempo e, de novo, Obina teve um gol mal anulado pela arbitragem. Em posição legal, o camisa 28 do Verdão marcou de bicicleta depois de uma chutão da zaga alviverde. O assistente Guilherme Camilo (MG) levantou a bandeira, mesmo havendo três atleticanos que deixavam o atacante em posição legal, e o também mineiro Alício Pena Junior invalidou o lance.


14 de junho - Palmeiras 3x1 Cruzeiro
O Palmeiras vencia a partida por 2 a 1, e o zagueiro Marcão cabeceou no travessão a bola, que quicou em cima da linha. O assistente Altemir Hausmann (Fifa-RS) correu para o meio de campo e o árbitro Leandro Vuanden (Fifa-RS) aprovou a decisão.


7 de junho - Palmeiras 2x1 Vitória
No primeiro tempo, Robert abriria o placar para os baianos, de cabeça, mas nem a auxiliar Márcia Caetano (RO) e o árbitro Heber Roberto Lopes viram a bola ultrapassar a linha do gol defendido pelo goleiro Marcos.


24 de maio - Palmeiras 0x0 São Paulo
O Choque-Rei encaminhava-se para o fim. Diego Souza invadiu a área são-paulina e foi derrubado por Miranda. Rodrigo Braghetto, que liderava o trio de arbitragem, mandou a jogada seguir e o clássico terminou sem gol.


Aguardo agora o dossiê bambi deste ano, pois dos últimos 3, ficou por isso mesmo. Diferentemente dos outros anos, o clube colorido não tem sido beneficiado diretamente em suas partidas, o roubo tem ocorrido em outras, seja em forma de suspensões ou erro em lances capitais.

Querem convencer à todos que os erros são normais, tanto a favor, quanto contra.

domingo, 8 de novembro de 2009

Acabou


Tinha em mente várias opções de título para encabeçar este post e foi aparecendo outras a partir do momento do gol do Fred, em meados do segundo tempo.


Não joguei a toalha ou estou dizendo que acabou o sonho de ser campeão brasileiro, mas a realidade é cruel e está impondo rodada após rodada, que é mais sonho do que realidade.


O acabou do título do post é apenas para mostrar mais uma desilusão com mais um péssimo resultado para um time que quer ser campeão, aliás não quer, pois com tantos pontos desperdiçados, não tem como querer algo maior.


Pensei em escrever depois este post, de cabeça mais fria, arejada, mas meu sangue palestrino exige que eu coloque tudo o que tenho engasgado agora, neste exato momento, ainda no calor da pós-partida.


Antes de descer a lenha em tudo, gostaria de fazer um elogio a essa diretoria, pois entre méritos e deméritos, conseguiu dar respaldo para a comissão técnica e jogadores desempenhar um bom papel até então. O aumento das receitas, a nova Arena e a contenção dos gastos e revisão dos contratos de jogadores que estão sem jogar, além da reestruturação de nossas divisões de base. Mas para os torcedores, a manutenção de Pierre e Maurício Ramos e a contratação do Vágner Love, foram os recados que a diretoria mandou para todos, explicitando à todos que o time brigaria pelo título, não apenas "participaria", como nos outros anos.


Apesar dos muitos acertos, houve falhas, como deixar impune sem protestos a escalação do larápio do Simon para esta partida. Um gol roubado dizendo que Obina segurou o zagueiro, que não foi comprovada em nenhuma imagem e um penalti não assinalado sobre o Danilo, onde o zagueiro agarrou de todas as formas o nosso zagueiro, foram apenas dois lances capitais para impedirmos na manutenção da liderança. Muitos vão lembrar da não expulsão do Mariano, na agressão sobre o Armero debaixo do nariz do bandeira ou inversão de faltas ou marcação delas para ficar parando a partida.


Como estes lances, houve vários durante o campeonato, como o penalti não marcado sobre o Diego Souza no clássico do primeiro turno ou as frequentes suspensões a que somos submetidos. A falta de protestos, foi a omissão de nossa diretoria frente à comissão de arbitragens e os seguidos lucros que nossos inimigos coloridos conseguem à toda rodada.


Sobre a partida de hoje, foram todos reprovados, repito, TODOS. A raça e a disposição estavam todas do outro lado, onde cada desarme foi comemorado como um gol. Com a incapacidade do Botafogo deslanchar aliada a sua falta de sorte em momentos capitais, o fluzinho pode até permanecer na primeirona, para alegria de meus clientes Bruno, Seo Rogério e Leonardo, únicos tricolores pó-de-arroz que eu conheço.


Quero parabenizar também aos torcedores alviverdes, principalmente os que enchem o Palestra apesar do roubo e dificuldade em adquirir os ingressos. Voces esparramam o orgulho de ser palmeirense em todos os cantos do mundo. Parabéns!!!


Aos visitantes do blog, digo para voces apenas o seguinte: Que a diretoria coloque o time para jogar daqui para o final do campeonato, apenas de verde, pois muitos tremem quando a veem pela frente e que os jogadores honrem essa camisa, apenas isso, pois se dependermos de nós mesmos e no Vitória que não vence há 6 partidas, pode esquecer.

Desconfiança confirmada

Conforme a apreensão de todos os torcedores alviverdes, Simon prejudicou o time neste primeiro tempo.

Num campeonato disputado que pode ser confirmado pelo saldo de gols, esse safado está prejudicando o time.

Arrancada Final


Hoje será uma data importante. Guardem, 08.11.2009, nesta data será marcada como o dia da arrancada alviverde rumo ao título.
Esqueçam os 5 pontos que já tivemos à frente dos rivais há pouco tempo atrás.
Esqueçam aqueles pontos absurdamente perdidos contra Avaí, Náutico, Flamengo e Santo André.
Lembrem-se sempre da data de hoje, pois será um jogo especial. Ano passado contra o mesmo fluzinho, o time perdeu a partida e o rumo do campeonato, enquanto que o rival carioca, saiu da zona de rebaixamento.
Na partida de hoje à tarde, representará o início da arrancada final rumo ao título. Essa será nossa partida mais difícil, pois o rival ainda respira por aparelhos, mas está altamente empolgado. As rádios, em especial a Globo-SP, diz que o fluzinho é favorito, mesmo em penúltimo lugar.
Nosso coração volta ao time, o maior ladrão do campeonato até então retorna aos gramados, superando as expectativas? Por que será que as mídias tradicionais não levantaram esta questão? Deixe pra lá, pois ele voltou e nas próximas rodadas teremos os outros jogadores de volta, felizes, com vontade de jogar futebol, sedentos pelo título.
O fluzinho voltará para a segunda divisão, para pagar uma conta que adiou a quitação. Nós seremos os campeões.
Seremos campeões, acreditem nisso e força para a primeira batalha da Arrancada Final.

sábado, 7 de novembro de 2009

Barraco

Na falta de assunto futebolístico, vídeo com barraco do Dudu Nobre e a organização de um show aqui em Minas Gerais.

Povinho....


video

Detalhe Importante: Parabéns ao Vasco pelo retorno à Primeira Divisão.

Pig Pancada


Pessoal...

Quem tiver um tempinho sobrando e tiver afim de divertir um pouco, vale a pena conhecer este blog:

http://pigpancada.blogspot.com/

Tiradas bacanas, humor sensacional.

Confiram!!!

Sabadão Parado


Sem notícias, sem jogos bons, que realmente vale alguma coisa.

Sem post decente também.

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Delírios de uma Rádio


Vamos supor uma situação hipotética:

Um time é o líder do campeonato e vai jogar contra o segundo colocado.

Hipoteticamente falando, mesmo num país sério, o líder é líder porque tem seus méritos. O penúltimo colocado é penúltimo porque faltou méritos a ele.

Vivemos no Brasil, que possui algumas peculiaridades em relação há muitos países por aí. Aqui, traficante cheira e puta (a profissional do sexo, não confundam) goza. Mesmo assim, é muito difícil os bambis cariocas conseguirem um bom resultado do líder, ainda mais quando o mesmo já está descolado dos maus resultados e totalmente focado na busca do título.

Somente a Rádio Globo AM de SP acha que o penúltimo colocado é favorito contra o líder, sendo que de acordo com eles, o Palmeiras só terá chances devido ao cansaço dos tricolores. As vitórias sobre Atlético mg, Cruzeiro e a classificação para a semi-final da sulamericana, serve apenas como alento ou esperança para fugir do rebaixamento.



No nosso cotidiano, sabemos que um enfermo em via de falecer, sempre apresenta alguma melhora antes da hora derradeira. Mas infelizmente (?), a hora chega.



No ano passado, a vitória sobre o Palmeiras foi responsável para que o fluzinho saísse da Zona do rebaixamento, mas este ano, o confronto contra o alviverde representará a pá de cal necessária para a morte da esperança carioca.



Acabou o sonho de permanecer na primeira divisão, o fluzinho voltará para pagar seus pecados administrativos e principalmente, pagar a conta de ter subido em 2000 sem ter passado devidamente pela segunda, alçando da terceira direto para a primeira.



Bambis cariocas, engulam a empáfia de voces, coloquem o rabinho entre as pernas e já vão planejando o próximo ano.

Perguntas para o 1nho

Se o Departamento amador dos gambás não revelará nenhum craque para a equipe principal, como os empresários encherão os bolsos com o suposto dinheiro?

Se os jogadores não valem nada, como o clube ganharia dinheiro?

Impren$inha, STJD, bambis e jogadores

Depois do empate dos bambis originais contra os bambis genéricos do sul, nossa querida mídia esportiva tradicional tenta de todo jeito "maquiar" o resultado dos coloridos, além de chamar a atenção dos torcedores para outras manchetes.

Chateado, Diego Souza rebate Mano Menezes
Diego Souza: nada de boas-vindas no Rio
'Diego Souza agride tão bem quanto joga'

Até ontém à noite tinha mais manchetes, mas o cansaço não deixou eu fazer este post. Vejam que em nenhum lugar da chamada mídia esportiva, foi citada a invasão de campo dos bambis, no máximo as expulsões do último jogo.

O caso da mala branca foi aceito pelo STJD, mas este aí é apenas pra desviar o foco, pois como sabemos no caso Madonnão do ano passado, onde o presidente da Federação Paulista fez a denúncia, não vai virar nada.

O time colorido é protegido pela imprensa esportiva, como se fosse "teflon", pois nada gruda neles, aliás apenas os elogios.

Que jogadores, comissão técnica e principalmente a diretoria fiquem atentos para que o título não caia nas mãos erradas novamente.

A assessoria de imprensa do alviverde tem de atuar junto aos atletas para os mesmos não dizerem bobagens, nem entrarem em polêmicas, pois nos últimos dias as entrevistas coletivas tem sido um caos.

Diego Souza:
- Medo de perder o campeonato.
- Bate boca com Jorge Henrique.
- Bate boca com Mano Menezes.

Danilo:
- Comentando a "sorte" pela não expulsão no clássico.

Marcos:
- Tem maneirado nos últimos jogos, mas sempre dá suas entrevistas bombásticas, como a que jogou na fogueira o Robert e Wendell.

Foco e atenção é tudo o que precisamos até o final do campeonato.

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Jogador destaque

Responda rapidamente, qual é o jogador que é o destaque de cada um dos 4 primeiros da tabela no brasileirão?

O jornaleco que todos conhecemos, publicou uma matéria/consolo, com as chances de cada um dos times para título, libertadores e rebaixamento, mas colocou uma foto com os principais jogadores ou destaques dos 4 primeiros.

A foto é esta que aparece abaixo:




Perceba que na foto tem o cavalinho Dagoberto cai cai do jogo contra o greminho, é o destaque porque fez o gol da partida, além de Ricardinho que também fez gol no último jogo do galo e Adriano que também marcou e de qualquer forma é o destaque dos urubús.
Por que na foto do jogador do Palmeiras, aparece o Robert? Ele tem sido o destaque do time? Fez gol salvador na última partida? Será que colocar a foto de um jogador do banco não é uma maneira de passar uma mensagem subliminar?
Dos jogadores do Palmeiras poderia ter o Figueroa que foi destaque na partida contra os gambás, Obina que detonou o Goiás, Diego Souza que é o destaque do time ou o Vágner, que apesar de não estar sendo o destaque do time, tem nome. Não podemos esquecer o Marcos.
Achei que teve um fundo interesseiro colocar a foto do Robert, além de a matéria tentar explicar e acalmar os torcedores bambis sobre o empate (heróico ou roubado) no sul.

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Grêmio medíocre, STJD que trabalhe

Time safado este do Grêmio. Teve a chance de matar a partida e não o fez.

Juiz mal intencionado que apesar das expulsões, deixou os bambis fazerem a devida cera. Quando expulsou o segundo jogador era 31 minutos do segundo tempo, até a bola ser batida, demorou em torno de 5 minutos.

A cada tiro de meta, Rogério gastava 20 segundos.

O baiano safado inventou algumas faltas para parar a partida.

Souza teve a bola do jogo, recebeu o rebote na meia lua, sozinho, sem marcação e de frente pro gol, chutou torto demais. Ruindade ou de propósito?

O bambi paulista ganhou seu pontinho apenas por pura incompetência dos gaúchos que não honraram as calças que vestem, aliás, o que esperar de outro bambi, ainda mais gaúcho?

Quanto as expulsões, foram todas justas, agora quero ver o STJD:

1- Punir o time colorido pela invasão ocorrida no jogo contra o Inter.

2- Punir o cavalinho Dagoberto e o Borges pelas agressões sobre o Túlio.

3- Por uma falta parecida com a que o Jean fez, Love pegou 2 partidas de suspensão, mesmo sendo primário. Quantas pegará o Jean?

Bate e depois assopra

O título deste post pode significar o que foi o primeiro tempo da partida dos bambis gaúchos contra os originais paulistas.

O Grêmio fez o seu com Rafael Marques de cabeça, onde a borboleta voou, voou e não achou nada.

Depois num cruzamento bobo toda a zaga do greminho falha, o cavalinho Dagoberto cai cai chuta (aquele chutinho aqui é chamado de "peidim de véi"), Rafael Marques desvia a bola e engana o goleiro Vítor.

Até agora o bambi Souza não tá jogando nada, repito, nada. Tcheco tenta algo, mas parece estar fora de forma, enquanto que tudo o que Maxi Lopes tenta o árbitro baiano pára, marcando faltas ou impedimentos.

Continuaremos na torcida e principalmente atentos à qualquer tipo de bandidagem.

Avalie você os analistas

Dizem que os analistas são imparciais. Todos sabemos que não.

O portal globoesporte.com, fez uma matéria em que seus analistas fizeram projeções das últimas rodadas.

Confira na fígura abaixo como ficará o final do campeonato de acordo com os "especialistas":

Clique AQUI e veja toda a matéria. Existe um erro logo de cara, pois de acordo com André Rizek, os bambis perderão para o Grêmio no sul, mas somam ao bambi 1 pontinho, como se tivesse empatado.

Vejam e cornetem.

Belluzzo desperdiçado

Belluzzo foi esta noite no Programa do Jô.

Com muitas perguntas idiotas sobre futebol, Jô desperdiçou um momento de mostrar toda a inteligência e carisma de nosso presidente.

Da entrevista o que mais valeu foram os comentários do Luxemburgo sobre o Belluzzo, onde os dois brincavam com o "autoristarismo" e o "retógrado".

Assim que estiver disponível e eu com tempo, colocarei no blog.

TV ao vivo: Imperdível


Daqui há poucons instantes, teremos no Programa do Jô o economista e principalmente Presidente da Sociedade Esportiva Palmeiras, Luiz Gonzaga de Mello Belluzzo.

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Safadeza no ar


Nesta reta final do campeonato, todo cuidado é pouco, principalmente quando do outro lado do muro, existe um inimigo sem ética.

Na última rodada, vimos o que fez o Barueri, não preciso repetir mais nada.

Houve uma invasão de campo na partida contra o Inter. Cadê o STJD? Até agora não ouvi ou vi nada a respeito. Mas já vi no site do Milton Neves que os auditores do STJD vão "correr atrás" dos artilheiros que simulam "tiros". Patético!

Para quarta-feira os amigos sabem quem vai apitar o jogo dos bambis? Jaílson Macedo Freitas (BA), o mesmo que apitou o último jogo bambi contra o Goiás e validou o gol do Borges. Alguém percebe armação no ar? O bambi Souza já tá tentando fazer o time entregar, com a supostaideia de prejudicar o Inter. Acontece que o Grêmio ainda tem chances de classificar-se para a Libertadores. Vão dar um tiro no pé?

Olho no Souza e principalmente no juiz.

As partidas bambis que mais me preocupam é justamente contra o Grêmio e Goiás, ambas fora. O Goiás não está vencendo ninguém, mas uma hora pode engrossar e estragar a festa de alguém. Minha preocupação não é nem na partida em si contra os bambis, mas com as possíveis suspensões que poderá vir na partida anterior, contra o Flamengo no Rio.

Diretoria, abram o olho e reclamem agora, pois senão depois pode ser tarde.