domingo, 28 de fevereiro de 2010

#ChupaDiretoria


O título do post não refere-se à derrota em Rio Claro, apesar de não deixar de estar atrelada.

Essa "homenagem" vai em especial à todos os membros da cúpula alviverde que esteve envolvida na expulsão/dispensa do jogador Obina e Maurício naquele jogo contra o Grêmio. Numa atitude de lançar fumaça para a mídia e torcida a diretoria fritou estes dois jogadores.

Não tenho acompanhado o gauchão, por isso não tenho como saber como vai a carreira do Maurício, não sei se é títular ou reserva, mas sei que foi uma atitude covarde de um rapaz que dedicou praticamente toda sua carreira para a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Obina chegou como uma piada pronta e de muito mal gosto, cheguei a publicar no blogue, mas como uma boa pessoa e bom baiano que é, conquistou boa parte da torcida alviverde, seja por gols, seja por sua carisma. Fez belas exibições, que digam goianos e gambás, mas principalmente, com toda a sua grossura, empenhou-se e dignificou a camisa pela qual esse blogue existe.

Estes dois jogadores fazem parte do passado alviverde, talvez Maurício ainda possa render frutos, caso consiga alguma transação para outro clube, mas Obina deixará mais saudades, principalmente por ser um centroavante que nós não temos. Por mais que Robert seja um cara esforçado e tenha feito alguns gols, será no máximo uma opção de banco. Obina em 5 dias, fez duas partidas e marcou 8 gols, fazendo a alegria dos torcedores atleticanos que já conta com o maluco do Tardelli.

O que mais me irrita é que o cara foi emprestado de graça, arcando o Palmeiras apenas com os salários (que se não me engano também era alto), estava aqui, disponível para jogar e em forma. Agora somos obrigados a ver num jogo como o de hoje contra o Rio Claro entrar em campo Ivo e Marquinhos, que não possuem corpo suficiente para aguentar o tranco dos zagueiros e um campo pesado.

Diz o Conrado em seu post pós jogo de hoje que a diretoria pode estar fechando com um grande nome para o ataque. Pode até ser verdade e me fazer esquecer cada linha escrita até aqui, mas a morosidade ou incompetência nos fez perder Obina e passou do prazo para inscrever este possível atacante para o restante do Paulistão.

Que este possível atacante me cale, mas até lá, grito bem alto para que todos voces que deixaram este time com poucos atacantes: CHUPA DIRETORIA!

Só para deixar claro aos xiitas, prefiro 1000 vezes esta diretoria que a múmia do Rei do Kibe. Não confio mais no trabalho do Cipullo e ainda tenho esperanças de um bom trabalho do Belluzzo.

Reina a Paz

Para quem é palmeirense e está acostumado a ver crise sobre o time em todos os veículos esportivos, essa semana foi muito atípica. A paz reina no Palestra.

Nada como uma vitória sobre um inimigo. Tudo o que de ruim acontecia até a semana passada pulou o muro, mesmo que a mídia não divulgue. No nosso rival tudo vai de mal a pior, pois "ressucitaram" o inimigo, fora o baile levado, o treinador que ainda não conseguiu dar um padrão tático no time, aliás ainda não conseguiu formar um time e perdeu uma partida no campeonato que é a coqueluche para diretoria e torcedores. Haja whisky para o JJ bebum.

Enquanto isso no lado palestrino, a calmaria é tanta que quase não existem notícias sobre o time. Se não fosse o terremoto no Chile (relacionando Figueroa) e a contusão do Márcio Araújo, não teríamos notícias sobre o clube por aí. Acho ótimo, pois assim AC Zago terá tempo e paz suficiente para treinar a equipe, buscando as finais do paulista e avançar nas fases da Copa do Brasil.

Que os inimigos se chafurdem cada vez mais. Alegria é que o primeiro passo foi dado no Palestra, o chiqueiro alviverde.

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Evair novamente com a camisa alviverde




O sonho de muitos torcedores do Palmeiras seria ver o grande artilheiro Evair, el matador, vestindo novamente as cores do clube. Esse sonho vai virar realidade, mas não como gostaríamos.


Evair assinou contrato com o time do Uberlândia Esporte Clube e já neste final de semana irá enfrentar o Atlético Mineiro de Luxemburgo e Obina.


O contrato de Evair vai até o final do primeiro turno do mineiro, podendo ser prorrogado caso o clube passe para a segunda fase, fato este difícil de ocorrer, mesmo com o campeonato maluco como o mineiro que possui 12 clubes e classificam-se 8, repito 8, para a segunda fase.


Vale lembrar que o primeiro trabalho como treinador do técnico Cuca, hoje no fluzinho foi aqui nas Minas Gerais, no mesmo Uberlândia.


Boa sorte ao treinador e ídolo Evair, que aprenda os meandros da carreira de técnico de futebol e um dia volte para o clube onde ainda hoje é idolatrado.


Para quem quiser ver uma matéria feita pelo Globo Esporte, cliquem AQUI!

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Porcopédia




Foi criado o site Porcopédia, que será a Enciclopédia do Palmeiras.

Grande empreendimento do Fábio e Fernando. Não tenho dúvidas que será um grande patrimônio da história alviverde.

Parabéns aos dois por este grande passo e que tenham muito sucesso.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Terapia do Abraço

Foto: Estado de São Paulo
Não postei a respeito da partida logo após o seu final para não deixar as emoções da partida se sobreporem à razão.

Foi muito boa a vitória sobre o time colorido. Apesar da choradeira do adversário dizendo que a arbitragem foi a responsável pela derrota, não enxergo assim, pois jogando bem ou mal, o time colorido quando perde tenta a todo custo repassar a culpa pela derrota na conta de alguém, que normalmente é quem apita a partida.

O jogo não foi dos melhores, mas foi recheado de brigas entre os torcedores do lado de fora do estádio e cidades vizinhas. Dentro de campo o clima foi sempre tenso, digno dos confrontos contra o time que tenta se beneficiar de condições que ultrapassam o campo de jogo.

Muitos comentaristas disseram que o time colorido estava abaixo da expectativa, jogando totalmente apático, mas existe o outro lado, que tentou de todas as maneiras comandar a partida, além de estar com fome de bola.

Sobre os lances do jogo, não vi mão do Robert, achei a expulsão correta e achei penalti no Robert. No mínimo seria falta fora da área, no mínimo.

Sobre os abraços, li no PTD sobre os abraços que o técnico distribuiu antes do início da partida. Pelo visto os jogadores além de abraçarem o novo técnico, abraçaram também a causa dele. Isso é importante.

Gostava muito da pessoa do Muricy, acho inclusive que seu trabalho foi boicotado neste início do ano e achei sua demissão injusta, pois a diretoria não contratou os jogadores pedidos. Acredito que o time a partir deste momento o clube voltará a ser melhor relacionado com os empresários da bola, pois o Antônio Carlos é um sujeiro esperto (AC) e conhece bem este meio.

A partir de agora teremos de apoiar o novo treinador, gostemos ou não, pois neste momento é ele que defende as cores do nosso time. Respeito a opinião dos outros blogueiros quanto a questão racial que AC esteve envolvido. Espero que ele tenha se arrependido de coração e que as desculpas realizadas à época foram sinceras, caso contrário, ele pagará o preço disso. O abraço ao Robert na foto acima não foi apenas pela comemoração dos gols, passa a mensagem que o preconceito ficou para trás.

Continuando o tema do apoio, comparo este momento como uma oposição que apesar de não estar no poder, tem de vislumbrar o que é melhor para o país, nunca o que for melhor para o partido. No nosso caso, pouco importa quem seja o treineiro da equipe, o importante é respeitar o clube e a torcida, além de muito trabalho. No dia em que ele escalar 11 branquelos e completar o banco com outros, serei um dos primeiros a questionar sua atitude.

Ao contrário do Muricy que não gosta de paparicar jogador, AC foi esperto, trouxe o elenco pra perto de si e injetou uma moral que faltava para muitos jogadores.

Pra finalizar, a Mancha ex-Verde e atual Alviverde é a maior organizada do clube, mas não representa os 15 milhões de torcedores. Acho muitas de suas atitudes deploráveis e reafirmo que muitos destes escrotos deveriam estar na cadeia, nunca numa arquibancada de futebol. Amei a Mancha do Carnaval e adoro sua criatividade nas arquibancadas do Brasil a fora, mas violência nunca!

domingo, 21 de fevereiro de 2010

O fraco Ricardo Gomes

Muito badalado após a demissão de Muricy Ramalho no ano passado, Ricardo Gomes tem consigo o apoio da mídia, fruto do trabalho ao longo dos anos da direção colorida, que tem no bolso jornalistas de diversos veículos de comunicação que trabalham como meros assessores de imprensa do clube.

Após o jogo contra os bambis, ía fazer um post inflamado sobre a vitória de hoje, mas resolvi buscar o retrospecto do técnico colorido nos clássicos. É espantoso, de assustar, assim como o trabalho desempenhado no pré-olímpico que eliminou um time que tinha muitos dos jogadores que estão na seleção atual. Esta pesquisa vale um post, portanto observem.

Ricardo Gomes até o momento disputou 6 clássicos entre 2009 e 2010, com aproveitamento de 44%, que muitos considerariam razoáveis, mas vejam os jogos:

2 vitórias contra o time santista de 2009. O Santos de no brasileirão passado foi um time que não primou-se pela qualidade, ao contrário, um time apático e sem ambição no campeonato.

No mesmo brasileirão o purpurinado ainda empatou com os gambás e Palmeiras.

Neste ano a decadência tem tomado conta, duas derrotas contra o Santos (com requintes de crueldade de Neymar e Robinho) e hoje contra o alviverde que tenta voltar a ser imponente.

Se ainda considerasse o jogo contra a Lusa de clássico, seu aproveitamento cairia ainda mais, para módicos 38%. Muito fraco.

Com um retrospecto deste, nem precisaremos ficar secando muito, o próprio treinador faz o serviço sujo.

Twitando no blogue

Resumo da mídia: Expulsão injusta e gol irregular.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

A vergonhosa diretoria

Hoje considero um dia triste, muito mais triste que a noite ridícula de ontém, onde fomos abatidos pelo fraco São Caetano.

A demissão de Muricy Ramalho jogou o presidente Belluzzo e toda a diretoria de futebol na vala comum. Depois de toda a esperança depositada na eleição de Belluzzo e a tão sonhada modernidade, acordamos com esta atitude covarde de hoje.

Muricy foi fritado, lentamente. Toda a sua honestidade e retidão foi trocada pelo egocentrismo do Cipullo e a farra dos empresários. Infelizmente nosso time continuará sendo uma barriga de aluguel.

Meu lado racional pedia a permanência do técnico, mesmo que para isso permanecessemos sendo o time do futuro, futuro este que nunca chega, mas estaríamos estruturando lentamente todo o futebol profissional e aproveitando melhor os garotos da base.

Como a diretoria trocou o trabalho pelo "lucro fácil" dos empresários, considero o melhor nome dentre os que tem sido jogados na mídia o do Antônio Carlos, sujeito malandro que conhece os meandros do futebol. Vitorioso como jogador e desenvolvido um bom trabalho como gerente de futebol dos gambás.

Paulo Autuori faz alguns bons trabalhos alternado por grandes decepções. Não o considero um bom nome para assumir a equipe neste momento conturbado. Na realidade o considero pouca coisa melhor que o banana, digo Osvaldo de Oliveira.

Sinceramente, estou desiludido.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Palmeiras vencido e eu de Saconny cheio

O Palmeiras foi vencido pelo fraco (?) São Caetano, mas o "vencido" do título do post não é da derrota em si, apesar de servir. Este "vencido" refere-se ao prazo de validade deste time.

Este elenco no ano passado por alguns momentos, principalmente no Brasileiro, trouxe a alegria, o sorriso nos lábios dos torcedores alviverde, mas na reta final do campeonato, onde os homens mostram que realmente são homens, pipocaram, fraquejaram.

A derrota de hoje, apesar de humilhante, não quer dizer muita coisa, mas passa a mensagem que o time não é um time, nem possui uma base. É fraco, fraquíssimo aliás, possui apenas o Marcos, Pierre e Danilo, além de Diego e Cleiton Xavier (que não jogou nada) que deverão ser vendidos no meio do ano. Contudo, provou em algumas das vitórias deste ano, que o importante não é vencer, mas convencer, merecer a vitória.

Na minha modesta opinião hoje deveria rolar alguma cabeça, que seja do Muricy (que não considero culpado), ou Toninho, Cipullo ou algum outro, mas o divisor de águas realmente será o clássico contra os gambás em casa. O clima será tenso até lá. O mundo cairá na cabeça de todos. Um resultado que não seja a vitória ou um empate com futebol convincente será a gota d'água para a verdadeira mudança que ocorrerá no Palestra.

Curtas:

- Não é só o Armero que não tem condições de vestir essa camisa maravilhosa.

- A vitória do foguinho contra os urubús foi a vitória do trabalho de formiguinha do Joel Prancheta, contra a empáfia do rubro-negro.

- Os urubús estão conhecendo o verdadeiro artilheiro (?) do amor.

sábado, 13 de fevereiro de 2010

Fight: Renata x Lincoln

video

Chupa Renata!!!

Acha que está falando com qualquer um? Lincoln nela!!!

Aqui é Lincoln, aqui é Palmeiras!!!

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Respondendo ao Presidente

Te acho muito folclórico, inclusive tenho convicção que avançou em muitos aspectos o país, mesmo distribuindo seu bolsa-esmola.

Mas respondendo à sua pergunta, NÃO SOU PT!

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Twitando no blogue

Jogo broxante, Time idém! Melhor da noite foi o kidpalestra e a Tania Clorofila.

Rezando pelo Moribundo

"Respeito os moribundos.

Como cristão, rezo para que ele seja recebido pelos anjos do senhor.

Desejo-lhe a paz eterna.

Aproveito esse espaço no seu blog para indicar a ele o livro "A Solidão dos Moribundos", do sociólogo alemão Norbert Elias.

É um livro pequeno.

Não requer muito conhecimento nem inteligência para sua compreensão.

É uma leitura que lhe fará bem.

Saudações.

Luiz Gonzaga Belluzzo"

Carta enviada ao único blogueiro que ainda dá espaço para o ex-presidente, o rei do kibe, que entre todos os méritos, teve o de sucatear o clube e manchar uma história vitoriosa, mandando o time para a segunda divisão.

Boa Belluzzo!

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Lincoln Neles

Não estava dos mais felizes por esta nova aquisição da diretoria alviverde. Pareceu-me mais uma contratação por acaso do que uma planejada, como tentam nos empurrar.

Mas não é que o rapaz me fez mudar os conceitos em relação à ele? Cobrou ao vivo os comentários da loira Fan, que é colorada de coração e bambi às escondidas, ou alguém nunca percebeu a falta de críticas ao time colorido.

Parabéns ao Lincoln! Começou com o pé esquerdo, pelo menos para o pessoal da Band, pois logo de início "bateu" no dodói deles. A partir de agora terá de jogar muito, pois as críticas daquele canal será enorme. Tenha a certeza que o narrador vendido "Del Valle" será o porta-voz das atuações do jogador.

Para quem não viu o que se passou e tiver afim de descontrair, clique AQUI e veja o ótimo post da Clorofila. Ela é demais!!!

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

domingo, 7 de fevereiro de 2010

Importante é vencer?

A resposta é talvez.

Claro que uma vitória é importante, acalma os ânimos dos adversários internos (oposição), externos (mídia) e a torcida, mas por outro lado, esconde muito dos erros cometidos pelo time, comissão técnica e diretoria.

Há poucos dias vencemos o fraco Monte Azul por 1 x 0, numa partida horrorosa, onde o time venceu num penalti duvidoso e não apresentou nenhum futebol, inclusive dando chances para o Monte Azul empatar. Só não aconteceu pela falta de qualidade do adversário.

Em seguida pegamos os gambás e novamente esbarramos na nossa falta de qualidade. Com um erro da defesa levamos o gol do anão Jorge Henrique, depois tivemos o domínio da bola e não conseguimos concluir direito em gol.

Na partida contra a Lusa em casa, a torcida teve mais do mesmo, erro da defesa (Armero) e gol do gordo. A derrota só não veio porque conseguimos o empate, mas mais uma vez o futebol foi medíocre e a lusinha teve várias oportunidades de fazer outro gol.

Hoje fizemos o gol logo no início e que golaço. Belo passe do Diego e linda conclusão do Cleiton. No segundo tempo fizemos o segundo num lance de oportunismo do Robert. O que parecia ser um resto de partida tranquila tornou-se um terror com os dois gols do time da terra da linguiça. No final Lenny com muita estrela fez o gol da vitória. Dessa vez não teremos Luxa para azucrinar a cabeça do garoto.

Como ía dizendo no início do post, as vitórias são importantes, mas ter um futebol convincente é muito mais. Podemos perder, como perdemos contra os gambás, mas o time tem de convencer, jogar bola, criar, exigir do adversário, não ser uma massa amorfa em campo dependendo de algum lance individual ou contando com a sorte.

Que os novos reforços cheguem logo para melhorar a qualidade do futebol do time.

Que o time vença sempre, mas principalmente convença, pois no brasileiro passado o time de uma hora pra outra passou a vencer algumas partidas com pouco futebol e todos diziam que o "importante é vencer" e quando precisou realmente de jogar bola deixou a desejar.

Ainda confio nesta diretoria, mas ela tem de se mexer e trazer um reforço importante, pois só com estes anunciados até agora, não mudará muito o futebol do time.

sábado, 6 de fevereiro de 2010

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

O trabalho dignifica o Homem

"É uma alegria enorme compartilhar isso com minha familia e meus amigos. Isso é fruto de muito trabalho - afirmou o árbitro ao LANCENET!"

Bem que poderia ser uma frase minha, que ralo duro no dia-a-dia, mas é de um safado conhecido dos torcedores alviverdes.

Numa única partida esse safado fudeu com as chances reais de título do Palmeiras e deu o gás necessário para o bambi carioca conseguir do rebaixamento.

Foi roubando na mão grande o Palmeiras, ao vivo para todo o Brasil que este safado conseguiu seu passaporte para apitar o Mundial na África.

Acho que nem morrendo e nascendo novamente me prestaria para um papel deste.

Parabéns Simon, mas saiba que desde já torço para que sua aposentadoria chegue logo. Pena que é sabido de todos que aparecerá outro para dar prosseguimento no seu trabalho.

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Falta Inspiração

Tá difícil, juro!

Além das ocupações que este momento da minha vida tem exigido, o time não tem ajudado muito.

Diretoria que não contrata, ataque que não ofende e defesa que não defende.

Difícil escrever, mas mesmo com tudo isso, algumas coisas podem ser ditas:

1 - Pierre tá jogando muito, roubando bola demais.

2 - Diego Souza é a alma do time, não adianta. Quando ele joga existe a possibilidade de algo diferente. Poderia ter saído dos pés dele o gol da vitória, mas a trave foi caprichosa.

3 - Armero continua o mesmo, esforçado mas azarado. O lance do gol lusitano comprovou mais uma vez. Apesar de tudo, gostei da postura dele, de tentar melhorar, pois em outros tempos, tinhamos um atacante fazedor de gols que não tava nem aí.

4 - Pode parecer estranho, mas estou com saudades do Obina, bom baiano.

Sobre o futuro, me parece sombrio, pois Lincoln e Ewerton não são "aquelas" contratações, mas pelo menos servem para ajudar o fraco elenco. Sei não viu, mas acreditava que este ano prometia muito mais do que está sendo executado. Triste torcer assim.

Parabéns ao Marcão por sua marca pessoal, porque estar entre os 10 que mais vestiram este manto não é pra qualquer um não. É uma pena que as contusões o atrapalharam tanto na carreira.

Chato que ultimamente não estou tendo motivos para sorrir não, tanto pela vida pessoal, quanto pela esportiva. Mas ontem foi muito divertido ver o "véião" do Finazi fazer 2 gols contra os gambás. Serve para comprovar o quanto nosso ataque é de risos, ou inofensivo.

Apesar de escrever pouco, tenho saudades deste negócio!

Pra finalizar, hoje vi um centroavante mais gordo que o Ronaldo e o Cabañas.

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

O dia da Marmota


Hoje nos Estados Unidos é o dia da marmota. Mais uma daquele povo idiota que sabe transformar qualquer coisa em dinheiro.


De acordo com eles a marmota por instinto sabe definir o período e o rigor do inverno, cada coisa!


Pois bem, aqui no Brasil não possuímos o tal dia e como não sabemos transformar qualquer coisa em piada, o Palmeiras dá a sua contribuição.


Desde o final do ano passado qualquer pessoa que entenda um pouco de futebol sabe que o time precisa de reforços, não do tipo de Jumar ou Jefferson, ao contrário, alguém que chegue, vista a camisa e jogue futebol.


Robert é bizonho e Armero sem noção. O restante do elenco não vou citar, pois a diretoria já me fez o favor (graças a Deus) de desfazer dos homens de confiança do Luxa (Jumar, Jefferson, Marcão, Obina, Gladstone, Jéci, Edmílson e outras tranqueiras difíceis de lembrar).


Belluzzo contrata logo. Daqui há pouco teremos torcedores fazendo preces para ver se algo muda no time. Nos terrenos de macumba os rivais já fizeram os trabalhos.


Mas voltando às marmotas, dedico este dia ao Toninho e Cipullo.

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Devolvam a minha alegria

Ultimamente assistir aos jogos de futebol tem sido um fardo. Pesado inclusive.

O final de ano do torcedor alviverde com o time foi decepcionante, difícil encontrar outro adjetivo que ilustra como foi nosso final de temporada.

Normalmente as viradas de ano são recheadas de promessas e esperança de um ano melhor, mas não é o que vai ocorrendo neste ano. O time continua necessitando de reforços e ainda está em piores condições comparado com o que terminou o ano. Nosso ataque é inoperante, não ofende ninguém e funciona apenas quando o Diego Souza está em campo. Pouco, para dizer apenas o básico.

O clássico de ontem serviu para escancarar a nossa dificuldade em fazer gols. Dos gols feitos pelo time no ano Cleiton Xavier fez dois e participou diretamente em todos os outros. Fez o que pode dentro da limitação do time.

O time alviverde é composto por bons valores, alguns bons jogadores mesmo, como Danilo, Figueroa, Pierre, Cleiton Xavier e Diego Souza, mas faz-se necessário a contratação de alguém fora de série, mesmo que em final de carreira para fazer esse time jogar, além claro de contratar 2 atacantes pelo menos. Inclusive acho necessário a contratação de 3, sendo 2 para o time títular e o outro para compor elenco, junto com o Robert.

A permanência do Deyvid se não foi boa para os cofres do clube foi excepcional para o time, pois o garoto é bom de bola e está com vontade de vencer. Difícil achar tão facilmente outro com as mesmas qualidades.

Muricy deveria repensar e usar mais a base, em especial o time da copinha. É no fogo da partida que são forjados os novos craques, além do mais são patrimônios do clube.

Cadê a Traffic que ainda não trouxe ninguém que presta?

Belluzzo, já passou após o término do brasileirão os meses de dezembro e janeiro. Fevereiro inicia-se hoje e por enquanto não está nada animador o trabalho da diretoria de futebol. Sua função é de comandar, dar tranquilidade e principalmente cobrar resultados e esperamos isso de você.

Torço para que a esperança depositada em você não seja transformada em decepção.

Devolva a minha alegria em ver futebol.