domingo, 31 de janeiro de 2010

Elenco Fraco

Complicado escrever alguma coisa neste momento, ainda no calor da partida, mas é preciso expor algumas observações:

1 - Armero mais uma vez participou do lance capital da partida, naquela falta besta que resultou no gol.

2 - Toda a defesa falhou no lance, mas credito principalmente ao Edinho e Marcos. Edinho porque furou na cabeçada e Marcos porque saiu preciptado do gol. Sofrer gol de cabeça do Jorge Henrique nem depois de uma feijoada.

3 - Com um elenco fraco deste não tem como sonhar muito. O time não possui ataque e quando perde o Diego Souza fica sem pai e sem mãe.

4 - Muricy fez o que pode, mas com as opções no banco não poderia fazer muita coisa.

5 - Daniel Lovinho não dá. Prefiro muitos dos garotos da base do que este jogador. Minha paciência realmente acabou com ele. Pra mim ele está do mesmo nível que Jumar e outros perebas que vestiram nossa camisa.

Perdemos a invencibilidade num jogo fraco, onde o pobre gambá praticamente fez apenas um ataque, na realidade dois, para ser mais justo, num lance do Dentinho. Felipe fez algumas boas defesas, mas nada que realmente oferecesse grande perigo.

Dizem que nas derrotas devemos aprender para futuras vitórias, mas estou cansado do aprendizado. Este livro já está cheio de capítulos, agora quero a prática do aprendizado.

Quanto a expulsão do Cleiton Xavier, achei tanto a expulsão correta quanto a reclamação do jogador, pois o Figueroa recebeu falta mais forte do Edú do que o Alessandro do palmeirense. Tem de reclamar mesmo pra marcar posição.

Nem sei quem é o próximo adversário, mas se a diretoria não contratar, vamos fazer parte de um ditado popular, onde "o importante é competir".

Dia de clássico


Palmeiras e Corínthians são conhecidos pela rivalidade. Ao longo dos anos, um time puxou o outro. Dificilmente existe um período longo de supremacia de algum time. Num momento em que algum está melhor, o outro se esforça para igualar as forças, mas no instante em que os dois não estão numa grande fase, um time colorido resolve aparecer.

Foram muitos clássicos até hoje, difícil escolher o que eu mais gostei. Acredito que os confrontos pela Libertadores foram os melhores, pelo valor da competição, da dramaticidade dos jogos e surgimento de heróis.

Não poderia esquecer-me da quebra do jejum sobre os rivais. Jogo tenso, que no final fomos brindados por uma alegria geral. Foi o primeiro título do alviverde de expressão que presenciei. Quero mais!

Houve também algumas derrotas sofridas, como a do Paulistão de 1999 (ou 2000?), que perdemos a primeira partida por 3 x 0 e na seguinte teve as embaixadinhas do Edílson e o quebra-pau em seguida.

Teve também a final do Paulistão de 2003, onde perdemos feio para os rivais. Queríamos a redenção para curar a dor do rebaixamento, mas com um time com Tiago Gentil não teríamos como ir longe mesmo não.

Como deixar de lado as partidas épicas do ano passado? As três partidas foram recheadas de emoções. A primeira do ano pelo Paulistão com um grande gol do Diego Souza e o empate dos gambás com gol no retorno do gorducho e quebra de alambrados. Ou então a primeira partida pelo Brasileirão com o momento mágico do bom baiano Obina. Foram 3 x 0 acachapantes. No returno foi um empate em 2x2, onde a raça do time foi superior aos gols do Gorducho, num momento em que o time já caminhava para a decadência.

Que o clássico de hoje seja repleto de emoções, mas que no final a vitória seja nossa.

Pra cima deles verdão!!!

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Tecnologias

Um amigo meu disse-me uma vez que a tecnologia veio resolver um problema que antes ninguém tinha. Quando ele me disse refleti um pouco, mas não tinha ideia do quanto a tecnologia é importante em nosso cotidiano.

Hoje faz exatamente uma semana que fiquei longe do mundo virtual e foi horrível. Perdi o contato de meus amigos e leitores do blogue, tinha de acompanhar minha conta corrente diretamente do caixa eletrônico, pois estava sem internet e telefone, ou seja, estava isolado do mundo.

Neste período "conheci" a TV aberta (ainda estou sem Sky, por conta de uma inviabilidade técnica) e fiquei mais tempo em contato com esposa e filho, um verdadeiro BBB. Até meu filho anda nervoso, pois quer assistir ao Discovery Kids e ainda está impossibilitado.

Nesta uma semana não deu para acompanhar de perto o nosso alviverde, mas quase nada mudou. O time não convence e a diretoria não contrata, ou seja, mais do mesmo. Acho que preciso de mais uma semana isolado para que algo me surpreenda.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Impressões de um Final de Semana

Não consegui acompanhar direito tudo o que aconteceu neste final de semana, pois mudei-me para Uberaba e ainda estou sem internet e Sky, portanto, darei algumas impressões sobre o pouco que eu vi.

O verdinho jogou muito contra o Santos, merecia a vaga para a final, mas como o merecimento não existe no futebol, não será desta vez que seremos campeões da copinha. Apesar disso, o trabalho foi bem feito, teremos muitos jovens para entrar no time principal do Palmeiras, o maior exemplo será o Gabriel Silva, no lugar do PÉSSIMO Armero.

Contra o Ituano, o Palmeiras jogou muito, pelo menos nos melhores momentos, mas não venceu. Credito a culpa ao goleiro do time de Itú, a má sorte e principalmente ao PÉSSIMO Armero. Ele comprometeu o que seria uma boa vitória.

Mais uma vez fomos roubados e desta vez dentro de casa. O gol do Juninho Paulista foi irregular, pois no chute do Juninho tinha um atacante do Ituano em completo impedimento. O time não é dos melhores e tá difícil vencer o adversário e a arbitragem, além de nossas próprias limitações.

Os posts por estes dias serão poucos, até a instalação da internet. A CTBC pediu 7 dias úteis para instalar. Num mundo onde tempo é dinheiro, acho inadimissível. Que falta faz uma concorrência.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Twitando no blog

FDP de amarelo interferiu na partida. Sempre ele!!!

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Grandes Garotos

Para a alegria do torcedor alviverde, o Palmeiras está fazendo uma grande Copa São Paulo.

Está dando gosto de ver a garotada jogar. Jogam muito, muitas vezes exageram, como no lance do segundo gol da Lusa.

Mais importante que o título é formar o jogador e nota-se que alguns deles serão títulares do Palmeiras em breve, como no caso do Gabriel Silva, que joga muito. Mas como muitos já são uma realidade, não custa nada sonhar com o título, ainda mais se for numa final contra os bambis. É o que se desenha neste momento.

Parabéns garotada, foi emocionante vê-los agradecendo o apoio da torcida. Já nascem sabendo o que é ser Palmeiras.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Carne Podre, Excremento


Desde o início da carreira Vágner ganhou o apelido de Love pelo Milton Neves, quando à época da Copa SP de Júnior foi pego com uma mulher no meio da competição e na concentação. Foi penalizado e voltou nas fases finais da competição e foi vice campeão, sendo vice de um time que possuía o Ricky e o Nunes. Lixo!

Fez uma grande Série B, onde terminou artilheiro da competição.

Em 2004 era para ser um grande ano para o Palmeiras, mas nas semi-finais do Paulista, Vágner e seu empresário jogaram duro contra a diretoria para uma renovação de contrato, e o mal caráter não jogou a primeira partida, simulando uma contusão. Voltou na segunda mas não conseguiu ajudar o time.

No Brasileiro o time estava muito azeitado, jogando direitinho, mas o Rei do Kibe o vendeu para a fria Rússia em troca de um punhado de vodka.

A torcida alviverde tornou-se a partir de então "viúvas do Love", pois a partir de então não houve um camisa 9 que honrasse as tradições do clube, até a vinda do Alex Mineiro e a conquista do Paulistão de 2008.

Mas até a vinda do Alex, fomos apunhalados pelo excremento em 2005, quando esteve prestes a vestir a camisa gambá. A torcida alviverde ficou furiosa.

O ano de 2009 era para ser espetacular, pois seríamos os campeões brasileiros, mas o time caiu justamente quando achávamos que seríamos imbatíveis. Éramos líderes do campeonato e apresentando um bom futebol e a chegada do Lixo, seria a "certeza" do título, pois sempre foi artilheiro. A esperança do título foi o bastante para esquecer a traição de vestir (ou empunhar) o pano de chão gambá, mas o que parecia certo tornou-se a derrocada. Caiu o futebol, perdemos o título e a vaga da Libertadores. Perdemos o ano.

Em toda sua passagem pelo alviverde, nunca teve preocupações apenas esportivas, preocupou-se apenas no lado financeiro e agora na última ele preteriu seu time de coração apenas porque tinha a expectativa de ser campeão, naquele momento era o óbvio. Enganou à todos nós.

O excremento então pediu para ser negociado para o Flamengo, pois não teria condições em São Paulo. Achei ótimo, pois além de caro não estava jogando NADA, repito: NADA. Que este resto de esgoto com tranças coloridas na cabeça faça pelo Flamengo tudo o que fez pelo alviverde: Desunião e Insucesso.

Feliz 2010 seu imbecil! Que neste ano todos os meus sonhos se tornem realidade: Não vá na Copa (a não ser na forma de turista/torcedor); seja eliminado rápido da libertadores e que fique escondido no frio russo pelo resto de sua vida. Apenas isso que eu desejo.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

O melhor post de 2010

Este início de ano está sendo difícil para o torcedor alviverde, pela falta de definições no elenco.

Neste sentido, gostei demais do texto do Rojas.

Leitura interessante.

Clique AQUI e confiram.

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Ausência

Para os amigos que possuem o hábito de acompanhar o blogue, sentiram (ou não!) falta de novas postagens.

Neste período o Palmeiras contratou o Léo, Márcio Araújo e Henrique. O resto é novela ou especulação.

Como não haviam notícias, deixei o blogue de lado e fui cuidar um pouco da vida.

Preparando minha vida para mudanças que irão ocorrer este ano além de uma cirurgia.

Com a estréia do time no Paulistão, as postagens voltarão ao normal.

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Para construir um 2010 melhor

Em alguns momentos percebemos que existe vida fora do futebol.

Brincadeira, apesar de vivenciarmos a paixão pelo nosso time, o dia a dia ocupa grande parte de nossas atenções e o futebol transforma-se numa válvula de escape.

Bem, mas para pensarmos num ano diferente, indico este belo texto de meu amigo Luiz Arantes.

Cliquem AQUI e comecem desde já á planejar teu futuro.

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

ÔÔÔ O Traidor Voltou!!!


Sim, o traíra voltou!!!


Novos tempos, nada de amor à camisa, agora, amor somente ao dinheiro!

Isso é uma VER-GO-NHA

Existem pessoas que jogam toda uma carreira no lixo por causa de uma infeliz declaração.

Será que a pessoa deste vídeo perderá a sua?

O futuro dirá!


video

Deu pau, deu pau!

sábado, 2 de janeiro de 2010

A Festa das Torcidas

Acompanhamos nos últimos meses Seo Cruz e o Forza Palestra mostrando em seus blogues a força que os dirigentes fazem para transformarem torcedores de seus clubes em consumidores, com muitas comparações com o que ocorre hoje na Europa.

Pois bem, seguindo a linha da evolução do futebol, deparamos com muitas proibições, como comentadas AQUI pelo Mauro Cézar Pereira da ESPN Brasil.

Vale a leitura pessoal.

Enquanto isso seguimos em ritmo de férias e aguardando os novos reforços.

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

Pedidos de Ano Novo

1- Ter Valdívia de volta ao Palmeiras.

2- Ter um time decente que traga felicidade aos torcedores alviverdes.

3- Vágner Love ir embora para a Rússia.

4- Ser campeão Paulista.

5- Ser campeão da Copa do Brasil.

6- Ser campeão brasileiro.

7- Ser campeão da Sulamericana.

8- Ser campeão da Copa São Paulo de Juniores.

9- Gambás eliminarem os bambis na Libertadores.

10- Os urubús eliminarem os gambás em seguida.

11- Com gol do Kléber o cruzeiro elimina os urubús.

12- O Cruzeiro perde novamente a final para o Estudiantes.

13- Belluzzo ser reeleito presidente alviverde.

14- Ex-presidente se engasgar com a esfiha.

15- Ser bem sucedido para a nova empreitada de 2010.

Difícil estes pedidos?