domingo, 15 de novembro de 2009

Sobre a esperança

Tenho um primo corínthiano, Márcio.

Ele tem uma teoria sobre a esperança: "É a única que morre".

Acho que ele deve estar certo.

3 comentários:

Irineu Curtulo disse...

Esperança?

Excluída pelo moderador

"Incrível! Teve até discussão entre o André Dias e o Hugo, mas os dois depois do jogo saíram de campo abraçados".

Realmente, comentarista esportivo ou é incompetente por natureza, e aí buscar no jornalismo esportivo a fama, ou é como quase todos, vendidos mesmo. O que acabo de ler nos seus comentários é digno de uma análise sociológica. Poderia qualificá-lo como isso, como aquilo, mas tais adjetivos seriam desnecessários diante de tamanha parcialidade.
E assim caminha o Brasil, os jornalistas e marketeiros conseguiram transformar a "m" num paraíso. Parabéns.

Irineu Curtulo disse...

Desculpe-me, mas o texto ficou vago, pois me esqueci de citar quem é o tal comentarista. O comentário entre aspas é do Benja (Folhetim Rosa), e claro, excluiu meu comentário.

Binóculo Verde disse...

Desculpe Irineu....

Mas para não ficar nervoso no final de semana, optei por não assistir futebol, apenas vi o resultado.

Não vi gols, melhores (?) momentos, nada, estou praticamente alheio a tudo o que houve.

Depois faço um post decente.