quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Sou Palmeirense e muito feliz


Não acredito mais no título nacional, principalmente porque o time não consegue vencer os adversários mais fracos.


A partida de hoje, foi mais um bom exemplo do que foi falado acima. Um time que cria alguma oportunidade no início do jogo, mas depois que sofre um gol fica louco, abrindo-se todo.


No segundo gol do time pernambucano, o time alviverde estava no ataque e depois que perdeu a bola, saíram correndo como índios atrás de comida.


A cabeçada de Obina que Magrão defendeu foi sintomático, a partir dali já sabia que a nossa sorte não seria das melhores.


Com as substituições do intervalo, o time voltou com outra disposição e um pouco mais de criatividade. Fizemos o primeiro e empatamos mais tarde, num lance duvidoso, não pelo lance em si, mas por causa do apito do juiz.


Já era de se esperar que o árbitro nos ajudaria de alguma forma, para tentar calar nossa torcida (linda por sinal) e terem mais um argumento que entre erros e acertos tudo se iguala com a arbitragens.


O resultado do jogo nos tira da briga pelo título, essa é a minha opinião. Muitos vão me criticar ou não concordarão, respeito a opinião de todos. O resultado de hoje serviu para ajudar na briga pela Libertadores e rebaixar o Sport (aleluia, rebaixamos um, até que enfim).


Numa situação normal eu estaria muito triste, talvez desiludido, mas com os últimos resultados, péssimas atuações e os erros escandalosos, criou-se em mim uma certa apatia.


Seja qual for o resultado do time até o final do campeonato, não mudará meu sentimento pelo time, meu amor pela agremiação. Sou e continuarei sempre sendo palmeirense, com muito orgulho. Não será nenhum técnico cabeça dura ou jogador medíocre que me fará mudar de opinião.


De tudo, o que me deixa mais triste foi o resultado que o time trouxe após o Belluzzo ter dado a cara pra bater. Realmente ele merecia coisa melhor.
Pra finalizar, fiquei muito feliz com a volta de nosso guerreiro Pierre. Deu bons passes e ajudou a pressionar no meio de campo. Deveria ter entrado desde o início da partida.

4 comentários:

Irineu Curtulo disse...

Pra mim o grande culpado de tudo isso que estamos vivendo chama-se Muricy Ramalho, senão vejamos: ele assumiu o time e estávamos praticamente em primeiro lugar; os adversários colaboraram, e muito, com a pseuda-liderança por 19 rodadas; pegue os jogos onde não tivemos o Pierre, e ele inventou o Edmilson, ora como terceiro zagueiro, ora como volante, e nas funções ele não jogou absolutamente nada. Repito, a escalação do Edmilson foi um dos grandes erros do nosso técnico. É claro que existem outros fatores, mas, pra mim ficou claro isso no jogo de ontem. Resta saber se ainda nos classificaremos para a Libertadores, o que realmente, eu não acredito. Somente uma mudança radical na escalação fará com que voltemos a lutar pela vaga.

Binóculo Verde disse...

A volta do Pierre no mínimo nos garante mais garra ao time.

Ele é o coração do alviverde.

Fernando disse...

Pagaram quanto pro Juiz???
Aposto que o Palmeiras parou de contratar jogadores para comprar Juizes!

Binóculo Verde disse...

Acho que se tivéssemos comprado juízes, teríamos melhores resultados....rssss