sexta-feira, 22 de maio de 2009

O Inho e a Água Sanitária

Domingo estaremos mais uma vez diante do time da ditadura e todo cuidado é pouco.

É sabedor de todos que essa subraça já tentou na mão grande tomar nosso estádio. Sempre que vem nos "visitar", inventam incidentes, vide o caso do gás e o Bosco-Pilha.

Mesmo com apenas estes 3 casos, a mídia tenta empurrar guela abaixo da opinião pública que somos inferiores. Neste jogo não terá como, pois estamos vencendo uma decisão sobre a outra, enquanto o time colorido vem apenas de resultados negativos, sendo o único positivo nos últimos dias foi a vitória fora de campo para não enfrentarem o Chivas, numa atitude vil de total derespeito com todo o povo mexicano.

Se não estamos mais jogando o fino da bola, como no início do ano, o time está tornando-se cascudo e adquirindo uma força que não existia no começo da temporada.

Disse tudo isso para mostrar que a nossa fase está superior aos inimigos. Apesar disso, o Inho faz uma comparação entre os dois treinadores, comparando Luxa à água sanitária e o Burricy com um bom vinho.

Apesar de nos últimos anos Burricy ter ganho 3 títulos brasileiros, enquanto Luxa ganhou 3 paulistas, devemos levar em consideração que o treinador do time colorido venceu com ajuda providencial da arbitragem. Não precisamos nem voltar muito ao passado, basta lembrar a quantidade de pontos duvidosos que os bambis conseguiram nos erros de árbitros e bandeiras e no final fechar com chaves de ouro com o caso Madonnão. Sublime!

Com isso, o mané do Inho deveria dizer que a água sanitária não é nosso treinador, mas um produto químico que usaremos para desinfetar nosso estádio assim que essa subgente saia.

E digo mais, máscara é pouco!!! Deveria era proibir esta subraça desprovida de inteligência, alienada e dirigida por um beberrão de por os pés nos nosso jardim suspenso.

Um comentário:

Catedraldeluz disse...

É fato que Luxemburgo não é unanimidade dentro das hostes alviverdes. Pórém, considerá-lo analfabeto futebolístico é absurdo. É apagar de nossa memória todas as suas conquistas.

"Construir para poder conquistar! Acreditar sempre!"