terça-feira, 24 de março de 2009

Ortigollllllllllllllllllllllll


Vitória made in Paraguay no Palestra, mas do Paraguai genuíno, não daquele ensinado pelos livros das escolas públicas paulistas.


Numa partida onde a força foi mais importante que a técnica, o Palmeiras vira mais um jogo contra o Bragantino. Ano passado no meu entendimento a virada contra o Braga foi o divisor de águas para a conquista do título e este ano penso da mesma maneira.


Começamos perdendo com um gol contra do Jéci. Depois vão reclamar de perseguição, mas não tem como. Além de ser fraco tecnicamente, ou melhor é ruim mesmo, o infeliz fez sua sujeira básica e depois foi substituído. Não entendo como deixaram o Gustavo ir embora e ficam com este mané no elenco.


Foi substituído pelo Ortigoza que em duas jogadas do Diego Souza com oportunismo guardou seus dois primeiros gols com a camisa alviverde. Coalhada oportunista.


Estranho foram os cartões do Diego. No jogo contra os bambis no brasileiro tiraram ele no início da partida e dessa vez já o tiraram antes, mas deve ser como dizem mania de perseguição. Na disputa de cabeça com um jogador adversário levou seu primeiro cartão. O juiz interpretou como cotovelada, sendo assim deveria ser expulso, não recebendo amarelo como aconteceu. No lance do segundo amarelo foi mancada mesmo, dando bobeira para o azar, ou melhor pros bambis.


Numa semana em que teremos uma guerra, já sofremos baixa de um de nossos maiores e habilidosos guerreiros. De qualquer forma mantenho a opinião de irmos com o juvenil para a trincheira.


Por falar nisso, vamos ver que tipo de reclamação que os dirigentes coloridos irão fazer até sábado. Com certeza vão reclamar da indicação do árbitro escolhido para a partida, começando assim a pressionar a arbitragem. Torço para que não seja o Sálvio, pois apesar das reclamações bambi ele costuma nos operar, mesmo em casa.


Notas da partida


Marcos: 10 - Seguro em campo e não teve culpa do gol.

Maurício Ramos: 7 - Não vi uma falha grotesca, mas não o acho seguro.

Jéci: (-10) - Poderiam mandar ele de volta pro Coritiba, pois não tem condições é muito péssimo. Poderia machucar novamente pra não correr o risco de entrar no time.

Marcão: 8 - Não gostei do futebol dele no Palmeiras, mas salvou uma bola importantíssima.

Sandro Silva: 7 - Bela jogada e bom jogo.

Jumar: 6 - Não comprometeu, mas o acho violento.

Diego Souza: 9 - Só não dou 10 por conta da bobeira que deu para ser expulso.

Cleiton Xavier: 7 - Partida discreta.

Marquinhos: 7 - Movimentou bem e tentou algumas jogadas individuais.

Jefferson: 6 - Pra mim é do mesmo nível que Jéci e Capixaba, ou seja, péssimo.

Keirrisson: 7 - Discretíssimo.

Ortigoza: 10 - Fez 2 gols, movimentou, lutou e deu muitas entrevistas.

Souza e Evandro: 5 - Não produziram o suficiente para dar uma nota melhor.

Luxa: 7 - Achei que deveria ter tirado o Ortigoza ao invés do Marquinhos, para tentar segurar mais a bola no ataque.

3 comentários:

Anônimo disse...

desta vez não teve penalti, deixaram para tentarem roubar no sabado, esse time de merda NUNCA será o SPFC, não suporto essa colônia do inferno!!

Binóculo Verde disse...

Pena que só entra como anônimo...

E vale uma pergunta: Por que perde seu tempo vendo um blog palmeirense se não concorda com o que se lê por aqui????

Ou não existe um blog rosa bacana pra vc deixar seus "delicados e inteligentes" comentários.

Pense nisso!!!!

Anônimo disse...

Será que vem alguém para a segunda fase da libertadores? Ouvi falar do Leonardo Moura por emprétimo seria uma boa pela direita!